Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Jovem morre afogado em Curionópolis

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Segundo informações de vizinhos, Eugênio estava na companhia de outros amigos em uma canoa, em um momento de descontração e num descuido ou movimentação brusca na canoa, todos os ocupantes foram jogados n’água e, para piorar o fato, uma parte dos ocupantes não sabia nadar, incluindo Dionny. “Foi um desespero só, todos se debatiam, nadavam até a margem na esperança de se salvarem. Quando atingiram a beira d’água notaram a falta dele (Dionny) e os que sabiam nadar retornaram na esperança de alcançá-lo, mas já era tarde”, narra uma vizinha que preferiu o anonimato.

Ainda segundo testemunhas, enquanto a aflição de muitos amigos aumentava a cada minuto, curiosos se aglomeravam no local, e por volta das 15:30 horas uma senhora se aproximou do local com uma ‘cumbuca’ e uma vela em seu interior e pediu que o apetrecho fosse colocado no local do acidente, em minutos, a cumbuca ‘girou’ sobre a água, e segundo a senhora, esse seria o sinal do exato local onde o corpo de Dionny estaria submerso. Em poucos minutos voluntários emergiram com o corpo e assim ficava materializada a fatalidade.
Dionny era um jovem trabalhador, educado, benquisto por muitos moradores e vizinhos. Morava à Rua Imbiriba, Centro de Curionópolis e trabalhava como prestador de serviços a uma loja de móveis e eletrodomésticos.
Sentimentos aos amigos e familiares.


Reportagem: Revista 30
Foto: Reprodução/Facebook

Publicidade

Veja
Também