Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Jovens da região se preparam para encontro com o papa

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Cento e setenta e oito jovens de Marabá e de outras cidades da região, como Canaã dos Carajás, Goianésia do Pará e Parauapebas, sairão em comboio em quatro ônibus no próximo dia (21), rumo ao Rio de Janeiro, cidade escolhida pelo Vaticano para sediar a 38ª Jornada Mundial da Juventude (JMJ). Outros 11 jovens marabaenses partem no dia 23, de avião.

O evento tem data marcada para iniciar dia 23 e vai até o dia 28 deste mês. Missionário da Comunidade “Obra de Maria”, Ezequiel Monteiro, um dos organizadores da viagem, afirma que os preparativos estão a todo vapor para o grande evento, por ser tratar de algo novo para o Brasil, uma vez que terá a presença do Papa Francisco. Segundo o missionário, a preparação está sendo boa, com muitas pessoas estão aderindo à jornada. “Vejo em cada pessoa que vem fazer a inscrição um desejo grande de estar com jovens de todo o mundo”, afirmou.


Para Ezequiel, a preparação espiritual é a principal atividade pré-JMJ. “Cada grupo da cidade de Marabá está se preparando para isso. Em uma reunião fizemos um momento de oração e preparação. Pedimos a graça de Deus, e percebemos que Ele está agindo muito em meio a todas as coisas e no coração de todos os peregrinos”, revelou o missionário.

Na Jornada, o contato com o Papa Francisco, segundo Ezequiel, será de forma indireta, somente no dia da vigília e da missa de encerramento da jornada. Estão previstas antes dessa programação atividades aleatórias no Rio de Janeiro. “Cada grupo visitará museus, teatros, participando de catequeses nas paróquias, sendo dia 28 vigília e missa de encerramento”, detalhou o missionário. A previsão é de que se reúnam em torno de dois milhões e meio de jovens no Rio.

“É uma experiência única, onde todos desejariam participar, no entanto não podem. O papa não vem sempre ao Brasil e sediarmos a Jornada em nosso País também é um privilégio”. “Sinto uma alegria no meu coração por poder organizar, fazer com que as pessoas participem dessa Jornada. Não apenas no sentido funcional, mas principalmente, no aspecto espiritual.

Esse encontro com o papa reflete o amor de Deus para comigo. É Deus que vem nos encontrar por meio da presença do Papa”, definiu missionário. Rafael Dionísio tem 21 anos e é membro consagrado da Comunidade “Obra de Maria”. Ele, assim como mais de 100 jovens de Marabá pretende participar da JMJ no Rio de Janeiro. “É uma emoção participar dessa jornada no Brasil, saber que isso só será possível daqui a outras gerações, é fazer parte da história”, disse ele. Outra que está se preparando para a Jornada Mundial da Juventude é Caroline Oliveira, 21 anos, que também é membro “Obra de Maria”.

Ela está com boa expectativa para o evento. “Além de encontrar com nosso líder, o papa, também vamos encontrar com vários jovens de todo o Brasil. O coração está batendo forte, contando as horas a chegar o dia, estamos com muita expectativa com a jornada em si. Com tudo que vamos viver e com a espiritualidade que a jornada traz”, disse.

Reportagem: Emilly Coelho

Publicidade

Veja
Também