Jovens de Parauapebas concluem capacitação profissional com apoio da Vale

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Jovens das comunidades de Palmares Sul e Palmares II, localizadas próximas a Estrada de Ferro Carajás, em Parauapebas (PA), receberam a certificação do SENAI pelos cursos de Vulcanizador de Correias Transportadoras e Instrumentista Industrial. No total, foram capacitados 39 alunos por meio do Programa de Preparação para o Mercado de Trabalho (PPMT), promovido pela Vale em parceria com o SENAI nas comunidades.

No início do processo foi realizado um estudo de mercado e escuta ativa com o público para alinhar as expectativas. Agora os jovens estão agregando para seus currículos uma formação que irá torná-los mais competitivos no mercado de trabalho. “Foi uma transformação para os jovens que participaram. Percebi a motivação em seguir carreira e o engajamento neles também em relação as atividades em comunidade. Um mais próximo do outro conseguimos um ganho positivo no âmbito do trabalho”, ressalta Evaldo Fidelis, da Associação dos Moradores da Agrovila Palmares Sul.


Para a aluna Ana Paula Jesus Ferraz Lobato, 20 anos, da comunidade Palmares Sul e concluinte do curso Instrumentista Industrial, a oportunidade trouxe um despertar para o mercado de trabalho e por uma profissão que ela não imaginava atuar. “Significou muito na minha vida e só veio para somar, despertou minha curiosidade intelectual. Creio que agora com o curso concluído novas portas irão se abrir e espero que, a partir da minha área, eu consiga me profissionalizar em outras áreas também”.

O Programa de Preparação para o Mercado de Trabalho faz parte dos programas da empresa para formação profissional de mão-de-obra local. “Entendemos que o PPMT é uma das formas que temos de incentivar o desenvolvimento e a autonomia das comunidades das quais fazemos parte. Após essa capacitação, esses profissionais estão aptos a entrar no mercado de trabalho e serem protagonistas no seu desenvolvimento profissional”, afirma Felipe Asfora, gerente de Projetos da Gerência de Investimento Serra Norte.

veja também