Kokoti Xikrin é 1ª mulher a liderar índios em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Um marco histórico para o município de Parauapebas, sudeste paraense e toda a Região de Carajás. Hoje, sábado, 20 de fevereiro de 2021, a jovem Kokoti Xikrin, de 28 anos de idade, tomou posse como a primeira mulher cacique da nação Xikrin.

Em uma cerimônia na Aldeia Djudjekô, a cacique falou sobre a voz e a participação da mulher na cultura indígena.
Kokoti Xikrin vai liderar os índios da Aldeia Krimei, uma das nove localizadas em Parauapebas.


“Nossa cidade é um dos poucos municípios do Brasil que possui políticas públicas destinadas à comunidade indígena. Cerca de dois mil índios desta etnia recebem benefícios nas áreas de saúde, educação, produção rural, social e desenvolvimento econômico”, foram as palavras expostas nas redes sociais da Prefeitura Municipal de Parauapebas.

Publicidade

veja também