Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Ladrão “deu bobeira” e perdeu arma para vítimas em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

No momento em que acabava de assaltar um casal, Ronierison Rocha da Silva se empolgou com a quantidade de dinheiro, deixou a arma sobre uma mesa e começou a colocar as cédulas nos bolsos, momento em que uma das vítimas se apoderou da arma e o bandido foi entregue à Polícia Civil, onde se encontra recolhido à disposição da Justiça.

O caso ocorreu por volta das 6h40 da manhã de domingo (8), na Rua Ayrton Senna, Bairro Nova Vida II, em Parauapebas.
No Boletim de Ocorrência, o sargento PM Odaildo Vicente contou que, armado com um revólver calibre 38, o acusado abordou o casal Ilosmar Costa Saraiva e Detiane dos Santos Saraiva, no quintal da residência de ambos, e anunciou o assalto.


No momento em que pegava as cédulas de dinheiro e colocava nos bolsos, o assaltante colocou a arma sobre a mesa e aí Ilosmar Saraiva se apoderou da mesma, houve luta corporal, mas o bandido acabou sendo imobilizado com a ajuda de Detiane Saraiva e de vizinhos, e entregue à polícia.

Em depoimento, Detiane conta que, sob a ameaça de arma de fogo, ela passou uma importância aproximada de mais de 500 reais para o assaltante. “Houve luta, mas o assaltante foi amarrado nos pés e braços e entregue à polícia, com o auxílio de vizinhos, que ouviram os pedidos de socorro”, explica.

Pressionado pelas vítimas e populares, Ronierison confessou que assaltara o casal seguindo orientação do comparsa e ex-detento Francisco Alves, conhecido por “Chico”, que trabalhou por um determinado tempo no estabelecimento comercial do casal Ilosmar e Detiane, de onde fora despedido por vir subtraindo mercadorias.

Procurado pela reportagem, Ronierison Rocha da Silva não quis falar com a imprensa.

Reportagem: Vela Preta / Waldyr Silva

Publicidade

Veja
Também