Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Lei da proibição do cerol chega ao Pará

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A Lei registrada com o número 157/2015 em Santarém, já havia sido criada desde 2011 em locais como o Amapá, Distrito Federal, Piauí e Rio de Janeiro, mas na cidade paraense com uma característica particular: o Art. 3º prevê que o menor que for flagrado utilizando o cortante será encaminhado ao Conselho Tutelar para que os pais ou responsáveis recebam a punição cabível.

Já o Art 5º, confirma que os pais ou responsáveis poderão arcar com multa por infração à lei e até aplicação da multa em dobro, caso haja uma terceira ocorrência de descumprimento.


Publicidade

Veja
Também