Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Léo Goiano retorna ao Parauapebas Futebol Clube e comandará o time no Parazão 2016

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Léo Goiano desembarcou em Parauapebas na última sexta-feira (27) para traçar o planejamento do próximo ano. O último trabalho do treinador foi no Nacional de Uberaba, pela 2ª divisão do Campeonato Mineiro.

“Acertei com eles. Estou com a diretoria do PFC e já vamos começar o nosso planejamento para o ano que vem. Sentar, conversar e analisar as contratações”, disse Goiano.


Indagado sobre o possível retorno do meia Juninho, Goiano não descartou a possibilidade do jogador ser um dos contratados. Ele foi o principal destaque do Pebas no primeiro semestre, e após o estadual foi contratado pelo Remo. No Leão, porém, não repetiu as mesmas atuações e foi reserva na maior parte da campanha na Série D.
“O Juninho é um bom jogador. Atuou esse ano com a gente, fez um excelente campeonato e pode sim ser um dos reforços, mas precisamos ver o nosso orçamento, as condições que vamos trabalhar e dar para os nossos atletas”, ponderou.

O Parauapebas Futebol Clube (PFC) participou pela primeira vez da fase principal do Paraense em 2015 e foi a grande surpresa do campeonato, ficando em terceiro lugar na classificação geral, com 22 pontos, o que garantiu ao clube as inéditas vagas na Copa do Brasil e na Copa Verde de 2016. Com o calendário cheio, Léo Goiano espera montar um time ainda mais competitivo na próxima temporada.

Léo Goiano fez um grande trabalho à frente do PFC e volta com moral
Léo Goiano fez um grande trabalho à frente do PFC e volta com moral

“Fizemos um bom campeonato esse ano, mas agora temos três competições, o que vai nos exigir sermos melhores do que fomos em 2015. Temos que ser uma versão melhor daquele Parauapebas para que obtenhamos os resultados que queremos”, salientou.

O Campeonato Paraense de 2016 terá início no dia 31 de janeiro. O Parauapebas está na Chave A1, ao lado de Remo, São Francisco, Cametá e Águia de Marabá. A Chave A2 tem Paysandu, Independente, São Raimundo, Tapajós e Paragominas. Os dois melhores times de cada grupo se classificam para as semifinais.

Com informações do Globo Esporte

Publicidade

Veja
Também