Léo Márcio solicita reforma do Ceup e sugere doação de aparelhos auditivos para alunos da rede pública

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Vereador Léo Márcio

Na sessão ordinária da Câmara Municipal de Parauapebas de quinta-feira (3), o vereador Léo Márcio (Pros) apresentou duas proposições.

Ceup


Por meio da Indicação nº 29/2022, o parlamentar solicitou ao Poder Executivo que realize com urgência a reforma do Centro Universitário de Parauapebas (Ceup).

Construído há mais de 20 anos e servindo de espaço educacional e cultural, vimos a necessidade de se realizar uma reforma nas salas, auditórios, banheiros, corredores, pintura e quadra esportiva, bem como uma melhoria tecnológica nas dependências do estabelecimento, com fins de levar maior comodidade aos estudantes, professores e demais profissionais, mostrando que nós do Poder Legislativo, bem como o Poder Executivo, preocupamo-nos com a educação do nosso povo”, argumentou.

Aparelhos auditivos

Já na Indicação nº 30/2022, Léo Márcio propôs a doação de aparelhos auditivos aos alunos da rede pública municipal e da Educação de Jovens e Adultos (Eja) que tenham problemas auditivos.

Pensando na inclusão escolar, bem como tendo em vista a finalidade de socorrer a saúde auditiva das nossas crianças e adolescentes que estudam na rede pública de ensino, propomos a presente indicação. Sabemos que, infelizmente, muitos menores padecem com problemas na saúde auditiva, fato que dificulta ou até mesmo impossibilita que esses alunos tenham pleno acesso ao conhecimento, pois a comunicação eficaz é de suma importância para o sucesso acadêmico dos menores”, justificou.

O vereador relatou ainda que sugeriu a doação de aparelhos auditivos aos alunos do Eja porque a maioria desses estudantes é formada por pessoas da terceira idade, que tentam retomar os estudos, logo, são cidadãos mais propensos a sofrer de transtornos auditivos.

Aprovação

As duas indicações foram aprovadas e enviadas para avaliação do prefeito Darci Lermen e dos gestores das secretarias municipais de Educação e de Obras.

veja também