Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Mães de presos são homenageadas na casa penal de Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Foi com o objetivo de homenagear as mães de presos da carceragem de Parauapebas que o diretor daquela Casa Penal, Murilo Sousa, fez o domingo (14) ser diferente. O intuito, segundo o diretor, foi fazer uma interação entre a família, acreditando que neste gesto de promover esse encontro das mães com os filhos com a entrega de uma rosa, eles voltem a repensar no amor de família.

Na opinião de Murilo, o momento contou com a participação de igrejas evangélicas para que assim se trabalhe nem só o emocional, mas também o espiritual através de mensagens enfatizando o amor ao próximo e o valor da família, pois a ausência destas coisas é quem fomenta a criminalidade e a violência. “A gente promove isto, no querer de plantar uma semente no coração de cada um acreditando que ela nasça durante o cumprimento da pena e se desenvolva quando estiverem lá fora e não voltem a cometer mais crimes”, detalha Murilo, agradecendo as igrejas parceiras, Universal e Assembleia de Deus (Ministério Missão), além do Poder Judiciário e Prefeitura Municipal de Parauapebas.


No Dia das Mães, cada filho pôde entregar uma rosa à sua respectiva mãe; e as mães receberam uma lembrança da carceragem e das igrejas. O ganho nisto, segundo Murilo, foi de os filhos poder falar para as mães o que, talvez, nunca haviam falado (eu te amo) e feito um gesto que não fizeram antes (dar uma rosa).

Segundo o diretor da casa penal, o momento religioso demonstrou também que muitas famílias precisam mudar durante o cumprimento da pena do filho para que, quando ele ganhar a liberdade, esteja pronta para recebe-lo e lidar com ele para auxiliá-lo a não mais voltar para a criminalidade.

Reportagem: Francesco Costa / Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também