Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Maior concurso da história da PM do Pará começa com a prova para oficial

O Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Planejamento e Administração (Seplad), realizou neste domingo (10) a prova objetiva e discursiva para o curso de Formação de Oficiais (CFO), do concurso público da Polícia Militar (PMPA), que oferece 4.400 vagas para oficiais e praças, no maior certame da história da PM do Pará. Hoje, cerca de 4 mil candidatos realizaram a prova.

Do total de vagas, 400 – mais cadastro reserva – são para o curso de Formação de Oficiais e 4 mil vagas para o Curso de Formação de Praças (CFP). A prova teve questões objetivas, de múltipla escolha, e redação, exigindo conhecimentos específicos da área escolhida. Os candidatos fizeram a prova nas cidades de Belém (Região Metropolitana), Santarém (Oeste), Marabá (Sudeste), Altamira (Oeste), Redenção (Sul) e Itaituba (Sudoeste).

“Neste domingo, demos início ao maior concurso público da história da Polícia Militar do Estado do Pará. Hoje, realizaram a prova os candidatos às vagas ao cargo de oficiais, para o preenchimento de 400 vagas. A realização do certame para o cargo de oficial faz parte do plano de fortalecimento da segurança pública no Pará, como uma das principais estratégias para fortalecer o combate ao crime e garantir a segurança e o bem-estar da população paraense. Este também é mais um exemplo de que o Estado prioriza o ingresso na atividade pública por meio de concursos”, destacou Elieth de Fátima Braga, secretária de Estado de Planejamento e Administração.

Tradição familiar – Ingrid Lima, bacharel em Direito, estava há quatro anos se preparando para o concurso. “Já fiz vários certames, e continuo me preparando. Porém, meu foco, hoje, é passar no CFO. Essa aprovação significa não somente uma realização pessoal e profissional, mas também seguir o legado da minha família, que é uma família composta por muitos militares. Eu já sou, digamos, a terceira geração que quer entrar na polícia. Passar no concurso é conseguir almejar a tão sonhada estabilidade. Pra mim, realizar o sonho de servir na PM é doação. Poder ajudar a sociedade é uma honra muito grande. É uma profissão, para mim, que mais tem destaque, porque nós anulamos muitas vezes as nossas vontades, até colocamos em risco a nossa vida em prol da população. Seria uma honra servir ao Estado do Pará”, contou a candidata.

A empresa organizadora do certame é o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), responsável pela prestação de serviços de planejamento, organização, realização, processamento e resultado final para homologação de concurso público e seleção de candidatos para o provimento de vagas e formação de cadastro reserva, assim como toda e qualquer logística necessária à execução dos serviços.

“Após ter ingressado mais de 8.500 novos agentes de segurança pública no primeiro mandato, de 2019 a 2022, agora em 2023 o Pará também avança, mais ainda, com os maiores concursos da sua história. A Polícia Militar, por exemplo, tem pela frente o maior concurso da sua história. Quatro mil vagas para praça, 400 vagas para oficiais Os dois próximos domingos ocorrerão essas provas, para que nós possamos selecionar os melhores para compor nossas fileiras. A Polícia Militar tem tido avanço e incremento de equipamentos, de tecnologias, de unidades policiais, mas também tem tido um aumento expressivo do efetivo. Se o concurso anterior já tinha sido o maior concurso da história, este agora ultrapassa em muito o último, e passa a ser realmente o número recorde de novos ingressos na corporação”, disse Ualame Machado, secretário de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup).

A consulta individual aos gabaritos oficiais preliminares das provas objetivas e a divulgação do padrão preliminar de resposta da prova discursiva estarão disponíveis no site da banca a partir de 19 h do dia 12 de dezembro (terça-feira).

Expectativa – Francisco Reis, soldado da PM do Pará, fez as provas porque deseja se tornar oficial da corporação. “Estou com uma expectativa muito alta para essa prova. Bate um nervosismo, pois essa é uma carreira de fato que eu almejo. Eu já estou dentro da corporação, mas como soldado, e meu objetivo é chegar ao CFO. Se eu passar, vai ser a maior conquista da minha vida. E essa prova é o sonho de muitos aqui. A Polícia Militar é uma instituição que está envolvida em todos os âmbitos, em todos os lugares, e para ajudar as pessoas. É praticar o bem, não só reprimir o crime, mas ser o próximo da vida do outro. Espero que, com a graça de Deus, dê tudo certo. Essa é uma carreira boa, não só do ponto de vista remunerativo, mas também pessoal. A pessoa se sente bem fazendo o bem ao próximo”, ressaltou o soldado.

No próximo domingo (17) será realizada a prova objetiva e discursiva destinada ao preenchimento das 4 mil vagas para o Curso de Formação de Praças.

Qual sua reação para esta matéria?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
Ei, Psiu! Já viu essas?

Deixe seu comentário