Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Mais de mil carteiras de trabalho estão disponíveis para entrega no SAC

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O Serviço de Atendimento ao Cidadão de Parauapebas (SAC) retomou aos trabalhos no dia 8 deste mês, janeiro, tendo sua capacidade de atendimento aumentada em relação a 2017, que passou de 96 mil, número considerado grande se comparado como ano anterior, 2017, quando foram realizados pouco mais de 15 mil atendimentos.

Mas outro desafio da nova coordenação será entregar as mais de 1.400 Carteiras de Trabalho e Previdência Social (CTPS) que estão disponíveis no Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC). Trata-se de pessoas que solicitaram a emissão do documento, mas ainda não foram buscá-los.


“Precisamos entregar esses documentos para implantar o novo sistema que já está com trâmites bem adiantados”, explica Denis Gabriel, detalhando tratar-se da implantação da Agência do Trabalho que diminuirá o tempo para emissões e entregas de Carteira de Trabalho e Previdência Social; pois, com a parceria entre o SAC e a Superintendência do Trabalho, as carteiras passarão a ser confeccionadas aqui mesmo em Parauapebas, enquanto reduz o tempo de entrega, aumenta o número de emissão do mesmo documento que hoje é de no mínimo 70 por dia.

Denis orienta que as pessoas que não foram buscar suas respectivas CTPS devem se dirigir ao Centro de Abastecimento de Parauapebas (CAP), localizado na rodovia Faruk Salmen, de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, para retirar os documentos.

Desde que retornou do recesso, a emissão e entrega de Carteira de Identidade (RG) teve acréscimo de 60 para 100 por dia, sendo entregue em no máximo 24 horas. “Assim que voltarmos para a Casa do Cidadão a entrega será feita no mesmo dia”, planeja Denis, dando conta de que o retorno deverá acontecer ainda no primeiro semestre deste ano; contando que o agendamento pela internet continua, com prioridade para os moradores da zona rural, excedendo assim o número previsto.

Outro serviço que fez aumentar o fluxo de pessoas no local em que funciona provisoriamente o SAC é o Alistamento Militar. O motivo é que no início do ano, devem comparecer à Junta Militar os nascidos no primeiro semestre do ano 2000, pois o prazo para eles ficar quites com o Serviço Militar é até junho deste ano, sendo assim, o número de alistamentos saltou de 50 para 120 por dia.

Reportagem: Francesco Costa / Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também