Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Mais um caso de pessoa desaparecida desvendado. É o nono desde dezembro de 2018

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Acabo de localizar mais uma pessoa desaparecida. Depois de muita investigação e com o apoio da policial civil Adriana Mesquita, de Fortaleza; do pessoal da prefeitura de Humaitá, no Amazonas, e do professor Milton Freire, Coordenador da Educação do Campo da Secretaria de Educação do município de Humaitá, descobri o endereço da senhora Gizelia da Conceição de Mesquita.

A investigação foi feita a pedido do irmão dela, José Basílio de Mesquita Neto, que trabalha como vigilante e vendedor ambulante. Ele disse que não vê a irmã há mais de 10 anos.


Por volta das 15h desta quarta-feira, 1° de julho, recebi a mensagem de confirmação do endereço da dona Gizelia.

“Conheço a Gizelia. Ela trabalha com a gente na Vila Nova dos Baianos, na beira do Rio Madeira. Todo mês faço viagens fiscalizando o andamento das escolas municipais do campo – que ao todo são 58. Conheço todas as comunidades de nosso município. Ela mora e trabalha na Vila Nova dos Baianos, na Beira do Rio Madeira. De voadeira 150 Hp gasta-se umas 3 horas. De recreio de linha umas 9 horas baixando o rio”, disse o professor Milton.

Na próxima segunda-feira a dona Gizelia irá a Humaitá para receber seu pagamento e o professor Milton lhe dará a notícia sobre o irmão dela, que mora no Bairro dos Minérios, em Parauapebas (PA). No dia, ele me ligará. Estarei ao lado do Basílio, para registrar a emoção, via telefone. E farei a matéria completa e detalhada citando todas as pessoas envolvidas e que contribuíram com mais esta investigação. Obrigado meu Deus.

Publicidade

Veja
Também