Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Ministério Público denuncia presidente da Câmara de Marabá por realizar despesas irregulares

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O Ministério Público Estadual do Pará (MP-PA), por meio do promotor de Justiça Júlio Cézar Sousa Costa, denunciou no dia 17 de junho, a presidente da Câmara Municipal de Marabá, vereadora Júlia Maria Ferreira Rosa Veloso (PDT). O motivo da denúncia é a realização, no ano de 2010, de despesas e atos considerados irregulares do ponto de vista financeiro e contábil, incorrendo no crime previsto no artigo 92 da Lei de Licitações (Lei nº 8886/93).

A ação penal tem por base o acórdão n. 24.831, de 27 de janeiro de 2014, do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), que julgou por unanimidade, como irregulares, as contas da vereadora quando exerceu o cargo de presidente da Câmara Municipal de Marabá no ano de 2010.


A decisão ocorreu pelo fato do TCM ter detectado a existência de pagamentos ilegais para as empresas Bertillon Serviços Especializados LTDA e Multisul, Construtora e Incorporações Ltda, quando a vereadora efetuou prorrogações supostamente ilegais em contratos com as referidas empresas, num valor de R$: 1.292,923,59.

A 11a Promotoria de Justiça de Marabá deve ajuizar ação de improbidade administrativa, com base na mesma decisão do Tribunal de Contas dos Municípios.

Fonte: MP-PA / Foto: Arquivo

Publicidade

Veja
Também