Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Missa de apresentação do manto de Nossa Senhora de Nazaré será realizada na sexta-feira (23)

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Em Parauapebas por três anos dona Conceição confecciona o manto que a imagem da nossa senhora usa no dia do Círio

Dona Maria da Conceição é uma senhora, segundo ela, tímida, mas, o seu talento está nas mãos. Costureira, profissão que aprendeu desde pequena, se especializou em bordado com pedraria, e nos últimos três anos, ela confecciona o manto que a imagem de Nossa Senhora de Nazaré usa na procissão de fé da comunidade católica, o Círio.
“Eu estive muito doente do coração e nem um médico queria me operar devido a minha idade e também outros probleminhas que vem junto com a idade. Um dia sentei e comecei a conversar com nossa mãe santíssima conhecida por nós como Nazaré, fiz um trato com ela, que se conseguisse a operação e saísse viva e com saúde, eu faria o manto dela para o Círio até o último dia aqui na terra”, diz a simpática senhora, secando as lágrimas que escorriam pelos olhos.


Depois desta conversa com a Nossa Senhora de Nazaré, dona Conceição conseguiu a operação e a cura, e logo em seguida procurou o padre Hudson e contou a promessa, e desde então ela confecciona o manto.

Mas ela não faz sozinha todo o trabalho, a senhora conta com a ajuda do neto, que ela olha com admiração. Emanoel França explica que a colaboração dele é fazer no computador o desenho, depois que recebe o tema, pois ele é design gráfico.
“O padre nos traz o tema e eu começo a imaginar como vão ser os detalhes do manto, pois ele conta uma história também e aí vou desenhando no CorelDraw, que um programa específico para desenho gráfico, e minha avó fica ao lado dando sugestões para depois ela produzir. Eu fico até dias sem dormir imaginando com o manto vai ficar”, explica o sorridente Emanoel.

 

Dona Maria, xará da mãe de Jesus, compra todo o material do próprio bolso, pois a promessa não é só costurar o manto, mas sim confecciona-lo do começo ao fim.
“Depois do desenho aprovado pelo padre Hudson, eu compro as miçangas, pedrarias, pérolas, tecido e linhas, pois primeiro eu desenho tudo na linha, para depois costurar todos os detalhes na mão”, relatou a costureira, demostrando o processo em outro manto que está fazendo para a varanda de uma amiga.

O manto será apresentado nesta sexta-feira (23) e até lá ninguém sabe como ele é, além da dona Maria da Conceição e o neto Emanoel.
“Nem o padre sabe como fica o trabalho final, só no dia da troca do manto mesmo, ele sabe como é o desenho que aprovou, mas como ficou cada detalhe, todos vão saber no dia 23, esta sexta, mas te confesso que sempre no dia, meu coraçãozinho bate mais forte e a emoção toma conta de mim”, finaliza Maria, com um lindo sorriso no rosto.

Conforme a programação do Círio deste ano, não vai ter procissão, mais sim uma rodoromaria.

Confira como está sendo a programação deste ano do Círio de Nazaré de Parauapebas, que teve suas adaptações devido à pandemia:

De 5 a 22 de outubro serão realizadas as peregrinações da imagem nas comunidades, lugares públicos e privados da cidade.

No dia 12 de outubro, aconteceu o já tradicional Círio das Crianças, com uma missa às 8h00 na Igreja São Francisco, seguida de uma rodoromaria até a Igreja de São Sebastião.

No dia 23, às 18h00, acontece missa seguida da troca do manto da santa na Igreja São Francisco.

No dia 24, às 17h00, será realizada uma missa na Igreja São Francisco e, logo em seguida, sai a rodoromaria até o Parque dos Carajás (terreno do Santuário de Nossa Senhora de Nazaré), encerrando o Círio 2020.

Reportagem: Adersen Arantes | Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também