Monitores recebem treinamento para atuarem no Parque dos Ipês

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Construído às margens da PA-160 pelo Programa de Saneamento Ambiental, Macrodrenagem e Recuperação de Igarapés e Margens do Rio Parauapebas (Prosap), o Parque dos Ipês contará com uma equipe de monitores que ajudará com informações e orientações aos visitantes. Assim, na última sexta-feira, 10, a equipe esteve no parque para uma aula prática com o objetivo de conhecer o espaço e o trabalho que será desenvolvido ali.

“Desde ontem [quinta-feira, 9] a gente está fazendo o treinamento e a capacitação das pessoas que irão trabalhar no Parque dos Ipês. Teve a parte teórica, onde a gente falou um pouco sobre o regimento, formas de atendimento ao público e, hoje [sexta-feira, 10], a gente tá focando mais no conhecimento do parque, mostrando a estrutura, as espécies [de plantas] que foram plantadas, falando um pouquinho do histórico e, ao final, a gente vai fazer uma simulação de atendimento para que eles já possam ir treinando como abordar as pessoas que vão visitar o parque”, ressalta Lana Nunes, coordenadora do Programa de Educação Ambiental e Sanitária (Peas/Prosap).


Segundo Lana, a ideia é que os monitores já estejam preparados para começar a trabalhar no dia da inauguração do parque, em 24 de junho. “Os monitores terão o papel importante de ser o elo entre o parque e a comunidade. Serão fiscalizadores e monitores ambientais e vão ter não só a função de orientar os visitantes, mas também de mostrar um pouquinho da história, um pouco da nossa cultura e sensibilizar o público quanto às questões ambientais”, afirma.

Durante o treinamento, a equipe recebeu informações sobre o Regimento Interno do parque, tendo conhecimento a respeito do que é e não é permitido na área e também sobre o atendimento ao público: “já que eles vão estar em contato direto com o público, independente da função que exerçam, a ideia que é os monitores trabalhem de forma integrada”, explica Lana.

O servidor da Secretaria Municipal de Administração (Semad), Matheus Moraes, que será um dos monitores do parque, mencionou o sentimento de trabalhar no local. “O parque é um atrativo novo para a cidade e uma área muito bonita. Nosso trabalho será o de orientar a população e tirar algumas dúvidas, caso eles tenham. Hoje, estamos conhecendo as plantas de forma prática, os ipês e certas espécies que eu nunca tinha visto. É muito importante o treinamento para a gente ficar mais informado para passar a informação correta. Eu espero que seja uma área bem cuidada por todos nós”.

Matheus disse gostar da ideia de trabalhar no parque já que está prestes a se formar em Técnico em Agropecuária. “É muito gratificante poder estar nesse meio, porque é uma área que eu escolhi para trabalhar, então estar nesse meio, mexendo com esse parque bonito e podendo ajudar é muito importante para mim”.

Parque dos Ipês

Localizado próximo ao bairro Tropical, o Parque dos Ipês dispõe de 28 mil metros quadrados de áreas de lazer e bem-estar social, oferecendo espaços para a prática de esportes, com pista de skate, quadras poliesportivas, academia ao ar livre, parquinho para as crianças, fonte luminosa e interativa, diversidade de plantas, acessibilidade, sonorização ambiente e muito mais. O parque recebe este nome dada a quantidade de ipês rosas preservados no local e, também, porque a palavra ipê tem origem na língua indígena tupi e significa casca dura.

 

veja também