Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Moradoras do Alto Bonito recebem qualificação profissional

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Numa iniciativa da Sehab, elas participaram de curso de laticínios e podem criar cooperativa

Ao todo, 21 moradoras do Residencial Alto Bonito participaram do encerramento do curso de laticínios e derivados do leite, em evento realizado na última sexta-feira, 1º, no centro comunitário do empreendimento.


Com duração de cinco dias, o curso foi oferecido aos moradores do Alto Bonito gratuitamente, tendo sido inserido no Projeto Técnico Social (PTS) pela equipe de assistência social da Secretaria Municipal de Habitação (Sehab).

O PTS reúne ações de mobilização em comunidade para atividades de caráter social, educativa, ambiental, além de ações voltadas para a geração de emprego e renda.

Com a parceria entre a Prefeitura de Parauapebas, Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e Sindicato dos Produtores Rurais (Siproduz), a qualificação não gerou custos para a administração municipal. Por outro lado, as alunas aprenderam técnicas adequadas para a higienização na fabricação de alimentos e sobre o processo de tratamento térmico do leite, além da produção de alimentos diversificados e seguros para o consumo.

“É importante frisar que os alimentos produzidos aqui são totalmente livres de conservantes, garantindo um alimento saudável para quem consome e emprego e renda para quem produz”, argumentou Aécio Leite, tecnólogo em alimentos do Senar.

O tecnólogo acredita que as técnicas absorvidas pelas alunas possibilitarão até mesmo facilidade para a entrada no mercado de trabalho, pois o certificado de 40 horas do curso é reconhecido nacionalmente.

Aldeci Bezerra, uma das alunas, afirmou que abraçou a oportunidade: “Esta foi uma oportunidade muito boa para mim e minhas parceiras, pois nós podemos ter agora mais uma alternativa para ter renda. Isso é fundamental para as mulheres”, avaliou.

COOPERATIVA À VISTA

O objetivo agora é montar uma cooperativa entre as moradoras. Para isso, foi recepcionado também o apoio da Secretaria de Planejamento (Seplan) para auxiliar as moradoras juntamente com a Sehab e dar início ao processo. O espaço do centro comunitário pode ser utilizado para concretizar o projeto.

Para o secretário de Habitação, Cristhian Miranda, proporcionar este tipo de aprendizado é mais um dos importantes papeis da pasta: “A habitação tem esse papel fundamental através desse apoio técnico do PTS. E quem sabe lá na frente elas não se tornem empresárias, trazendo desenvolvimento para a comunidade onde moram? Tomara que sim, estamos torcendo”, disse.

Outros cursos estão programados para ser realizados para os moradores do Alto Bonito em 2018, com a implantação da gestão condominial.

Reportagem: Jéssica Diniz

Publicidade

Veja
Também