Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Moradores da zona rural fazem manifestação e paralisam atividades do escritório da Celpa em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Mais uma vez os péssimos serviços prestados pelas Centrais Elétricas do Pará (Rede Celpa) revoltaram consumidores que decidiram realizar uma manifestação no escritório da empresa que fica localizado no Bairro Cidade Nova, em Parauapebas. O ato iniciou na manhã desta quarta-feira (28).

Desta vez, os manifestantes são de áreas da zona rural, como PA-Beira Rio, PA-União e de outras localidades. Eles alegam que desde o ano de 2009 requerem da Rede Celpa melhorias na distribuição de energia relacionadas ao Projeto Luz para Todos e outros investimentos e pautas que estão sendo requisitadas pelos consumidores.


Em declarações prestadas à imprensa, Lidemir Alves, um dos manifestantes, afirmou que o descaso da Celpa para com os moradores não é de hoje. “Desde 2009 estamos em negociação com a Celpa e infelizmente não fomos atendidos. Chegamos aqui hoje e simplesmente fomos informados que ninguém poderia nos atender, pois o gerente da unidade está de férias. Isso é uma vergonha e vamos continuar lutando para que a nossa comunidade tenha suas pautas resolvidas”, destacou.

Polícia foi acionada

Homens da Polícia Militar foram acionados para que os manifestantes fossem retirados da entrada da Celpa Parauapebas, tendo em vista que devido à manifestação, o atendimento está interrompido, porém, as pessoas insistem em não permitir os atendimentos até que a direção da empresa dê uma posição sobre a situação reivindicada por eles.

Empurra-empurra

Um segurança do escritório da Rede Celpa Parauapebas em certo momento da manifestação, acabou empurrando manifestantes que estavam nas proximidades da portaria da empresa e o clima acabou ficando tenso.

Sobre o projeto

O Luz para Todos é um programa do Governo Federal do Brasil que visa levar energia elétrica para a população do meio rural, seja ela com ou sem recursos financeiros, de forma gratuita.

O programa foi criado pela ex-ministra de Minas e Energia Dilma Rousseff e coordenado nacionalmente por Aurélio Pavão de Farias.

Ao contrário do programa Luz no Campo lançado em 2000, que cobrava taxa de instalação para levar a luz até as propriedades rurais, no Luz Para Todos o Governo, por meio de um programa sustentado, assume o grosso das despesas e o incorpora na conta de desenvolvimento econômico, não ocorrendo assim a cobrança adicional de instalação ao usuário. Além disso no Luz Para Todos, além de gratuito, o beneficiado recebe a luz até o interior de casa inclusive com 3 pontos de luz.

Outro lado

A equipe de reportagem do Portal Pebinha de Açúcar entrou em contato via e-mail com a Assessoria de Comunicação da Rede Celpa, para que a empresa se posicionasse sobre a manifestação que está sendo feita por moradores da zona rural, porém, até o fechamento desta matéria, não recebemos nenhuma resposta.

Reportagem: Bariloche Silva – Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar
Fotos: Fábio Marques

Publicidade

Veja
Também