Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Moradores do Bairro Cidade Jardim sofrem com a falta de água e cobram solução do SAAEP

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Recorrente em diversos bairros de Parauapebas, a falta de água tem reduzido a qualidade de vida de muitas famílias que, por vezes, ficam vários dias sem o líquido tão indispensável para a sobrevivência e os afazeres domésticos.
Conforme afirmado pelo prefeito Darci Lermen, em entrevista recente concedida ao Pebinha de Açúcar, “enquanto não se tem a solução definitiva, paliativos vêm sendo feitos”.

Desta vez a falta de água está ocorrendo há, pelo menos 15 dias na 4ª etapa do Cidade Jardim, onde os moradores dizem não saber mais o que fazer para sobreviver.


Segundo a denúncia, o ponto mais crítico é na Rua P, onde mora Marinilda Santos Sales, que, além de ter uma filha ainda pequena, diz passar o dia no trabalho e quando volta para casa, não tem água nem mesmo para tomar banho. “Não sei a quem recorrer e nem quando virá a solução”, reclama Marinilda, contando que, antes dessa falta total, a água chegava a cada 48 horas, porém, sem pressão para abastecer os reservatórios.

 

Conforme o narrado pela moradora, muitas pessoas vão para a casa de parentes em outros bairros para lavar roupas. “Outro socorro que vem aqui, depois de muita insistência, é o carro pipa”, afirma Marinilda, lembrando que na chuva que caiu ontem naquele perímetro, muitos aproveitaram para recolher água para, pelo menos, usar na higiene.

De acordo com a direção do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Parauapebas (SAAEP), a justificativa para a falta de água deve se tratar de caso isolado, com problemas, por exemplo, no hidrômetro, já que conforme checado nas demais casas, o fornecimento de água estaria normal. E promete verificar para resolver o problema, porém, de acordo como observado pela reportagem e pelos próprios moradores, a “desculpa não colou”.

Ainda de acordo com a direção da do SAAEP, um poço na Avenida D, que abastece aquela área está passando por limpeza e que a partir de amanhã o abastecimento volta ao normal nas ruas S, N e P. Enquanto a solução não chega em definitivo o abastecimento está sendo feito através de carro pipa que, conforme confirmado por moradores daquela área, foi feito por volta das 17h00 de hoje.

Publicidade

Veja
Também