Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Moradores interditam rua no bairro Liberdade e aguardam ação da prefeitura

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Trata-se da rua Espírito Santo, uma via que já foi usada como rota do transporte coletivo de passageiros e que agora há mais de 1 ano está intransitável. Tudo se iniciou, segundo os moradores daquelas proximidades, com os serviços realizados pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Parauapebas (SAAEP) com o objetivo de ampliar a oferta de água tratada para a população, o que necessitou de abrir valas quebrando a camada asfáltica.

Ainda segundo os populares, após concluído os trabalhos do SAAEP a reconstrução do asfalto foi aguardada, porém ao invés disto o pouco de pavimentação que restou acabou sendo levada pela erosão pluvial, (águas das chuvas) já que o trajeto, de não mais que 100 metros, é um declive acentuado.


“Aos poucos os veículos foram tendo dificuldades de passar por aqui e lentamente foram desviando o trânsito que agora já é por outras ruas. E nesta rua até pedestres têm dificuldades de passarem”, lamenta a dona-de-casa, Ângela Cardoso, que passava pelo local no momento em que estava por lá nossa equipe de reportagens.

Comerciantes ao redor também se queixam da queda na frequência dos clientes que sumiram pela dificuldade de chegarem ao local; e os condutores de veículos reclamam da volta que precisam dar para chegar ao destino mesmo perto dali.

Cansados de esperar pela solução, os moradores interditaram a via e agora esperam a atenção da SEMOB (Secretaria Municipal de Obras de Parauapebas).

Outro lado

À respeito da Rua Espírito Santo, Bairro Liberdade, uma equipe da Secretaria de Obras esteve visitando o local  e em breve uma equipe do Departamento de Infraestrutura fará os reparos necessários. Também esta semana, uma equipe está realizando reparos nas ruas Vinícius de Moraes (Liberdade 1) e Santa Catarina (Liberdade 2).

Reportagem e fotos: Francesco Costa – Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também