Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Morro Alto Bonito começa a ser desocupado e famílias comemoram

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

“Às vezes eu penso que é até um sonho sair desse lugar de sofrimento e ir morar em um lar seguro para os meus filhos”. Essa foi a declaração de Cezionice Maria Noleto, moradora do Morro Alto Bonito, ao ser perguntada sobre o que mudaria na vida da família dela a partir de sua inclusão em um projeto habitacional.

A chefe de família morava com seus quatro filhos em uma casa no alto do morro, onde a ameaça de acontecer um acidente é constante. “Sempre que chove eu fico na porta juntinho com meus filhos e coloco os documentos dentro de uma sacola de plástico, porque aqui balança muito e a gente tem medo do vento levar tudo”, lembra Cezionice Noleto.


A família de Maria se mudou recentemente, o destino provisório é uma residência alugada com o recurso do aluguel social, disponibilizado pela Prefeitura de Parauapebas. Depois de seis meses, Cezionice e seus filhos vão morar na sonhada casa própria, em uma das 650 unidades habitacionais do projeto Vila Nova.

Diversas famílias já se anteciparam e saíram do morro, enquanto outras estão se programando e saindo com o apoio da prefeitura, que está disponibilizando transporte entre os dias 28 de outubro e 1º de novembro. Ao todo, 539 famílias serão remanejadas para que o grande projeto habitacional do Morro Alto Bonito seja executado.

Maria Alice Francisca é outra moradora do local que também está se preparando para a mudança. “Quero muito sair daqui, pois a gente sofre demais com a falta de água. Tenho que subir esse morro todo dia. Estou muito feliz com essa oportunidade de ter uma nova vida”, relata, emocionada, Maria Alice.

Reportagem: Karine Gomes / Foto: Anderson Souza

Publicidade

Veja
Também