Motoboys de Parauapebas participam de curso sobre Normas Gerais de Circulação e Conduta

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Na busca constante pela redução de acidentes nas vias, a prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Segurança Institucional e Defesa do Cidadão (Semsi), desenvolve diversas ações para a população, como as campanhas de educação no trânsito.

Dessa forma, o Núcleo de Educação Para o Trânsito, do Departamento Municipal de Trânsito e Transporte (DMTT), realizou entre os dias 11 e 19 de janeiro um curso Introdutório às Normas Gerais de Circulação e Conduta, voltado para os profissionais que trabalham com transporte de carga em motocicletas (motoboy/delivery).


Com carga horária de 15 horas, o curso abordou temas, como Artigo 29 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB); direção defensiva; condições adversas de trânsito; classificação de acidente; vias públicas; negligência, imprudência, imperícia; sinalização de trânsito; infrações; relacionamento e ética no trânsito, dentre outros.

Além de conhecer mais sobre normas gerais de circulação e conduta, os alunos participaram de blitze educativas junto com os agentes de trânsito, para chamar a atenção dos condutores quanto à importância do respeito a todas as categorias no trânsito.

“Essa foi a primeira vez que fomos reconhecidos como categoria. E para nós isso é muito importante, porque sabemos que tem muitos condutores que andam errados, mas também tem muita gente que está todos os dias nas ruas para trabalhar. Esse curso foi muito bom para nós”, conta o motoboy Felipe Nunes.

A coordenadora do Núcleo de Educação para o Trânsito, Maria Conceição Rodrigues, explica que o diálogo e a participação de todas as categorias são necessários para que as ações de redução de acidentes obtenham êxito. “Nós temos a missão de levar ações educativas para todas as categorias, seja por meio de palestras, cursos ou nas ruas com blitze, para que todos participem da construção de um trânsito mais seguro”, destaca.

 

veja também