Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Mulher denuncia ao Corpo de Bombeiros que foi vítima de esfaqueamento

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Francisca das Chagas procurou na manhã desta quarta-feira (7) o quartel do Corpo de Bombeiros, no Bairro Beira Rio, em Parauapebas, para denunciar que foi vítima de esfaqueamento na mão, na barriga e teve um dos braços quebrados.

A mulher acusa como autor da violência Leandro Silva Santos, 35 anos, que ocupa um barraco localizado num terreno baldio ao lado do quartel do Corpo de Bombeiros, onde funcionava o escritório da antiga empresa Paranasa.


O cabo BM Braga confirma que a mulher chegou ao quartel com braço quebrado e outros ferimentos, esfaqueada na mão e na barriga, denunciando que foi vítima de Leandro Santos.

Diante da denúncia, uma guarnição do Corpo de Bombeiros conduziu Francisca das Chagas para o Hospital Municipal de Parauapebas e Leandro Santos para 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil, onde prestou depoimento e foi recolhido ao xadrez.

De acordo ainda com informações colhidas junto ao cabo BM Braga, Leandro Santos é soro positivo e é acostumado a fazer assalto no Terminal Rodoviário de Parauapebas, na companhia de outros indivíduos que se amalocam no terreno próximo do Corpo de Bombeiros.

Leandro Silva Santos – Acusado

 

Mulher retirou a denúncia

Para a surpresa das autoridades policiais, após receber os cuidados médicos, Francisca das Chagas foi até a Delegacia de Polícia Civil e pediu para que o delegado responsável pelo caso retirasse a queixa dela contra o agressor, alegando que voltaria a ter um relacionamento amoroso com ele.

O delegado do caso ficou de avaliar a situação, uma vez que pela Lei Maria da Penha, mesmo a mulher não querendo registrar queixa, se houver flagrante, o acusado é autuado pela agressão.

Publicidade

Veja
Também