Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Municípios do Sudeste do Pará discutem soluções para mobilidade urbana

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Gestores públicos, técnicos e conselheiros municipais de Marabá, Parauapebas, Canaã dos Carajás e Eldorado do Carajás estão participando do Curso de Mobilidade Urbana, promovido pela Fundação Vale, em parceria com o Ministério das Cidades e UNESCO. O objetivo é dar suporte técnico aos municípios na elaboração dos Planos Municipais de Mobilidade Urbana em atendimento à Lei 12.587/12.

A Fundação Vale em parceria com o Ministério das Cidades disponibilizarão assistência técnica para os municípios concluírem seus Planos de Mobilidade Urbana até 2015.


Martha Martorelli, analista de infraestrutura da Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana do Ministério das Cidades, destacou a importância dos municípios paraenses se anteciparem com relação ao assunto. “Um dos fatores da mobilidade urbana é pensar no futuro, mesmo que algumas cidades aqui representadas não contem ainda com transporte coletivo. É necessário planejar desde já, porque é uma realidade que logo irá acontecer por conta do crescimento da região”, ressalta a analista. A secretária adjunta de Planejamento, Simonia Caetano, concorda e reforça que o assunto merece toda a atenção. “Planejar é ter um resultado final, é alcançar metas e isso só é possível quando temos conhecimento e capacitação técnica. Estamos na luta para termos cidades melhores”, afirmou.

Planejamento Urbano Integrado

A mobilidade urbana começou a ser discutida no Sudeste do Pará no ano passado com a realização do Seminário de Sensibilização para a Política e o Plano de Mobilidade Urbana, onde cada município participante deu inicio as atividades compartilhando realidades, mapeando problemas e planejando soluções.

O tema faz parte da área de Desenvolvimento Urbano da Fundação Vale, que busca conciliar crescimento econômico com desenvolvimento urbano e social nos territórios onde a empresa mantém suas operações. O objetivo é apoiar ações e projetos de forma a contribuir para o aprimoramento das capacidades de planejamento e gestão das cidades, disponibilizando assistência técnica e capacitação para que os municípios otimizem seus investimento em infraestrutura e aprimorarem seus instrumentos de planejamento urbano.

Publicidade

Veja
Também