Publicidade

No Pará, auxiliar de enfermagem é detido com medicamentos sem procedência

Um homem foi detido pelas equipes da Polícia Civil e Guarda Municipal de Belém após ser flagrado com 27 envelopes que seriam de Ivermeticina, medicamento usado no tratamento da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. A ação, que foi realizada após denúncia anônima, aconteceu na tarde da quarta-feira (20), no bairro do Guamá.

“O suspeito, que trabalha como auxiliar de enfermagem do Pronto Socorro do Guamá, informou que os remédios não seriam vendidos e que o material foi adquirido após coleta para compra e distribuição para funcionários do hospital com suspeita de Covid-19” informou o delegado Magno Costa, titular da Delegacia do Consumidor.


A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar o caso e os medicamentos serão encaminhados para perícia.

Compartilhe essa notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Tags

Veja também

Fechar Menu