Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Novo gestor do SAAEP comenta sobre problemas de falta de água no Cidade Jardim

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar ao longo de aproximadamente 15 dias vem recebendo diversas mensagens de moradores do Bairro Cidade Jardim, principalmente da 2ª etapa, reclamando da falta de água que vem acontecendo no local.

Para dar uma resposta aos populares, na última segunda-feira (6), a reportagem entrou em contato com Pedro Alcântara, que é o Gestor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Parauapebas (SAAEP), para que ele comentasse sobre a falta de água em etapas do Bairro Cidade Jardim. Na oportunidade, imediatamente o novo Gestor do SAAEP se prontificou em dar informações e se deslocou até à redação do Pebinha de Açúcar para falar sobre os problemas.


De acordo com Pedro Alcântara, várias etapas do Bairro Cidade Jardim são abastecidas com água pelo SAAEP através de poços artesianos profundos, porém, a autarquia vem passando por problemas sérios, tendo em vista que cerca de 8 poços secaram e o abastecimento vinha sendo feito às residências com a ajuda de “carros pipas”.

“Como todos sabem, assumi recentemente o SAAEP e já logo de início ficamos cientes dos problemas que os moradores do Cidade Jardim estão passando. Logo reuni minha equipe operacional que me disse que os carros pipas estavam na área, porém, imediatamente pedi para que os carros pipas fossem impedidos de irem para as casas e que a água fosse colocada diretamente nas caixas d’águas do SAAEP que atendem os populares através das encanações que chegam até as residências”, relatou Pedro Alcântara.

Ainda na conversa com a equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar, Pedro Alcântara afirmou que o Departamento Operacional do SAAEP sugeriu que mais quatro poços artesianos fossem perfurados em sistema de emergência para que os problemas de falta de água fossem solucionados no Cidade Jardim, “porém, dei a negativa e pedi para que estudos fossem feitos para que a equipe técnica pudesse fazer a interligação através de canos para que as caixas d’águas do SAAEP sejam abastecidas pelo sistema de água de bairros próximos, evitando assim gastos maiores, tendo em vista que a perfuração de cada poço profundo custa mais de R$ 100 mil aos cofres públicos, e dessa forma, além de economizarmos dinheiro, não correremos o risco que poços perfurados sequem, como aconteceu com outros”, enfatizou Pedro Alcântara.

Até que o Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Parauapebas (SAAEP) resolva definitivamente o problema da falta de água no Cidade Jardim, as caixas d’águas da autarquia serão abastecidas através de caminhões pipas e consequentemente o líquido chegará aos moradores através de encanações das residências. “Pedimos um pouco de paciência aos moradores do Cidade Jardim, estamos cientes dos problemas e estamos trabalhando diuturnamente para que tudo seja resolvido o mais breve possível”, finalizou o Gestor do SAAEP, Pedro Alcântara.

Publicidade

Veja
Também