Single Posts
Confirmados
20.582
Single Posts
Recuperados
10.373
Single Posts
Óbitos
152

 Publicidade

Novos Conselheiros Tutelares são empossados em Curionópolis

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Novos Conselheiros Tutelares são empossados em Curionópolis

A Prefeitura de Curionópolis realizou na tarde desta quarta-feira, 15, no Gabinete do prefeito, a cerimônia de posse dos novos conselheiros tutelares do município. Cinco titulares e cinco suplentes irão atuar na garantia do direito de crianças e adolescentes do município. Estiveram presentes antigos conselheiros tutelares, familiares e autoridades.
Quem está deixando o cargo, falou dos desafios enfrentados no período de atuação como conselheiro tutelar.

“Dificuldades sempre tem, os desafios são grandes, principalmente quando se trata de trabalhar com lei, ainda mais sendo lei federal, que é de garantir o direito de crianças e adolescentes, mas foi gratificante esses quatro anos que ficamos à frente do órgão”, relembrou o ex-conselheiro Cleuton Souza.


Raimundo Lopes está assumindo o cargo pela quinta vez e para ele é imprescindível a parceria entre o Conselho, Executivo e a sociedade, isso permite que os conselheiros atuem de forma eficaz. “Sem esse apoio da administração e da comunidade, não tem como trabalhar e alcançar nosso objetivo, que é garantir os direitos da criança e do adolescente”, disse o o conselheiro empossado.

A partir de agora, os novos conselheiros irão atuar conforme o que rege o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Para a secretária de Assistência Social, Wanessa Viana, o Conselho Tutelar cumpre importante papel em apoio ao trabalho que a assistência realiza com crianças e adolescentes que vivem em situação de vulnerabilidade.
“O Conselho Tutelar é um órgão público municipal que tem como missão representar a sociedade na proteção e na garantia dos direitos de crianças e adolescentes e contra qualquer ação de violação desses direitos. É importantíssimo que o Conselho entre com a assistência e orientação junto à família, criança e o adolescente”, destacou.

Publicidade

Veja
Também