Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Número de delitos cometidos por bandidos tem sido alto em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O número de assaltos, furtos, homicídios, tráfico de drogas e os mais variados tipos de delitos têm crescido absurdamente nos últimos meses em Parauapebas.
No topo da lista estão os frequentes roubos de motocicletas, roubos de celulares, furtos a residências e tráfico de drogas.

De acordo com um levantamento feito pela equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar, por dia, são registrados na 20ª Seccional de Polícia Civil Urbana de Parauapebas mais de 20 Boletins de Ocorrências (B.O’s) em razão dos delitos citados acima, e esse número chega a ser bem maior em determinados dias da semana.


Os autores dos tais crimes não se limitam a cometerem seus atos somente à noite. Os crimes ocorrem em quaisquer horas do dia, seja pela manhã, à tarde, ou noite.

Dentre os lugares preferidos dos meliantes está o bairro, Cidade Jardim, esse que encabeça a lista, com diversas ocorrências todos os dias, sendo elas, roubos de motocicletas, celulares, e também muitos furtos a residências, vindo logo após, os bairros Jardim Tropical I e II e respectivamente, o bairro Ipiranga, esses com registros maiores de tráfico de drogas, assaltos a residências e homicídios, seguido dos mesmos vêm os bairros, Cidade Nova, da Paz e Bairro Rio Verde como alvo principal dos bandidos no quesito roubo a motocicletas e celulares. O Bairro Nova Carajás tem como alvo principal dos bandidos os furtos a residências, vindo após esse os bairros Nova Vida I e II, juntamente com os bairros Liberdade e dos Minérios, tratando se também de roubos de celulares e furtos a motocicletas.

Toda a cidade tem sofrido com o crescente número de atos criminosos e com a audácia dos meliantes que vem causando medo a toda população, outros casos como crimes de ameaças, violência a mulheres, estupros e tentativas de estupros, desparecimento de pessoas, delitos no trânsito, (tais como mortes envolvendo acidentes principalmente com motocicletas), saidinhas de bancos, e estelionatos, englobam a lista das quase 200 ocorrências que são registradas em semana cheia na 20ª Seccional de Policia Civil de Parauapebas.

Para se ter uma noção, até o mês de setembro de 2015, haviam sido registrados na Delegacia de Parauapebas 1.252 casos de roubos, (esses somente em casos de roubos seguidos de ameaças, ou seja, assaltos à mão armada, sendo por armas de fogo ou arma branca).

Já nos furtos, o número era de 1.039 casos, onde envolvem residências, estabelecimentos comerciais, motocicletas e outras centenas de situações, sendo que já estamos no final de outubro e os números consequentemente devem ser bem maiores.

José Bezerra Oliveira, morador de Parauapebas, contou à reportagem que foi vítima da ação dos assaltantes na manhã do desta quinta-feira (22), enquanto se descolocava para uma parada de van no bairro Jardim Canada, foi abordado por dois elementos armados em uma motocicleta, esses deram voz de assalto e tomaram posse do seu aparelho celular.

Só ontem, outras 14 vítimas também compareceram na Seccional de Polícia Civil de Parauapebas, onde relataram que acabaram sendo alvo de assaltantes.

Segundo informações da Delegada de Polícia Civil Yanna Azevedo, responsável pelos casos de roubos e furtos em Parauapebas, a crise e o desemprego no município têm grande influência no crescente número de delitos, mas conforme ela, as investigações têm sido feitas com sucesso e muitos criminosos já foram e tem sido pegos.

Reportagem: André Silva – Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também