Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Número de pessoas diagnosticadas com diabetes quadriplicou em 30 anos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O açúcar presente nos alimentos industrializados e frutose são dois dos principais fatores que contribuem para o desenvolvimento de um quadro de diabetes tipo 2, caracterizada pela resistência do organismo à ação da insulina, resultando na não transformação da glicose presente no sangue em energia. Em 30 anos, a quantidade de adultos diagnosticados com diabetes 2 no mundo praticamente quadriplicou, chegando em 427 milhões, em 2016, de acordo com o primeiro relatório global da Organização Mundial da Saúde  – OMS, sobre a enfermidade crônica.

Todos os tipos de diabetes e pré-diabetes podem causar doenças cardiovasculares e uma das formas de prevenir o surgimento da doença é mudando os hábitos alimentares.


Mesmo evitando o consumo de açúcar e frutose de forma direta, essas substâncias podem chegar até o organismo indiretamente, através do consumo de alimentos como refrigerantes, sucos, biscoitos, cereais, carnes processadas, dentre vários outros. Para manter os níveis de glicose controlados, além de manter uma dieta equilibrada, de acordo com as indicações do médico especialista responsável pelo acompanhamento do quadro, tomar diariamente os medicamentos receitados para controlar a diabetes, como a medicação Metformina, uma das mais utilizadas em todo o mundo para o controle da doença, é preciso optar por consumir versões dos alimentos que possuam menos açúcar.

Além de controlar a alimentação, praticar exercícios físicos também pode reduzir a necessidade de ação da insulina, de acordo com a American Heart Association. Praticar exercícios físicos regularmente melhora a sensibilidade à insulina, a glicemia de jejum além de reduzir os fatores de risco cardiovasculares em pacientes que possuem resistência à insulina.

Publicidade

Veja
Também