Single Posts
Confirmados
20.582
Single Posts
Recuperados
10.373
Single Posts
Óbitos
152

 Publicidade

‘Ximbinha gosta de humilhar’, diz cantora que o acusa de agressão

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Ximbinha explica chute em celular de fã após assédio contra vocalista e dançarinas

Carla Maués falou sobre a confusão com Ximbinha, acusado de agredi-la, durante participação no programa A Tarde é Sua desta quarta-feira, 15. A cantora, que foi vocalista do Cabaré do Brega, deu detalhes do que aconteceu enquanto estava na banda.

“Eu venho sofrendo esse tipo de humilhação, ouvindo ele dizer que sou feia, gorda, que minha voz não é bonita, não é boa, e outras coisas que me fizeram mal nesse tempo. E a gota d’água foi essa agressão. Não dá para dizer o que passa na cabeça de uma pessoa doente, ele veio para cima de mim em um surto de fúria, nunca vi um negócio desse”, contou.


“Ele surta por qualquer coisa, não precisa ser um motivo forte. Estávamos indo todos os dias para o estúdio, gravando, gravando… Nesse dia, íamos viajar de madrugada. Mandei mensagem para Karen, mulher dele, ela disse que eu não precisaria ir para o estúdio. Ele me ligou no meio da tarde pedindo para eu ir. Quando ele viu a minha filha Ana Clara, de 6 anos, disse ‘ela não pode ficar aqui, tem que ir embora’. Aí ele começou a gritar ‘não gosta de trabalhar, vai embora’, me escorraçando”, continua.

“Eu não posso dizer as palavras que ele me xingou. Quando ele veio aos gritos, eu fui recuando e procurando minha filha. Ela estava assistindo a tudo, parada, horrorizada. Pedi para tirar minha filha dali, ele continuou aos gritos. Ela acorda no meio da madrugada chorando. Todas as vezes que eu ia trabalhar, ela entrava em pânico, dizia ‘não deixa, Ximbinha quer machucar minha mãe'”, relata.

Carla contou por que não denunciou imediatamente. “Foi no início de dezembro, infelizmente tive que cumprir a agenda de shows até o Réveillon. Não me pronunciei antes porque não tinha como pagar advogado. Meu cachê inclusive era pequeno porque ele dizia que a banda não dava lucro. [Vou processar] com toda certeza”.

A cantora afirma que o comportamento do guitarrista foi mudando ao longo do tempo. “No começo do projeto. Ele estava em depressão porque outra cantora tinha abandonado ele, então estava muito humilde. Quando o projeto começou a dar certo, a postura dele começou a mudar”.

Ela acredita que o histórico de Ximbinha – que também já foi acusado de agressão por Joelma, quando eram da banda Calypso – não seja coincidência. “É da natureza dele. Não tem a ver com cachaça ou remédio, ele gosta de humilhar as pessoas. Mesmo achando que era amiga íntima dele, nunca misturei amizade com trabalho”.

Carla revela estar sendo prejudicada. “Ele está falando mal de mim para as pessoas, tentando me impedir de trabalhar dizendo para os empresários que tenho contrato com ele, mas não tenho. Ele não vai conseguir me parar, sou guerreira. Estou fazendo isso por justiça”.

A assessoria de Ximbinha anunciou, em nota para a atração da RedeTV!, que o Cabaré do Brega já tem nova vocalista, a amapaense Jéssica Rodrigues, de 28 anos, com estreia neste sábado, 18, em um show no Maranhão.

Publicidade

Veja
Também