Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Operação “Fake News” cumpre mandados em Parauapebas e Floresta do Araguaia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Policiais que trabalharam durante Operação “Fake News”

Nove mandados de busca e apreensão foram cumpridos pela Polícia Civil, durante a operação “Fake News”, realizada nas cidades de Floresta do Araguaia e Parauapebas, no sudeste paraense, na manhã desta quinta-feira (2). O principal objetivo da operação, no qual a investigação iniciou em fevereiro, é identificar os autores e apreender celulares suspeitos de serem utilizados como fonte de disseminação de notícias falsas nas redes sociais.

“Estamos investigando o caso em que duas pessoas foram vítimas de compartilhamento de áudios em aplicativos de mensagens com teor calunioso e difamatório, que aconteceu em Floresta do Araguaia e se espalhou pelos municípios do sul e sudeste do estado. As vítimas procuraram a Polícia Civil e fizeram a denúncia. Os mandados foram expedidos pelo Poder Judiciário de Conceição do Araguaia”, explicou o delegado Luiz Antônio Ferreira, titular da Superintendência Regional do Araguaia Paraense.


Celulares foram apreendidos durante a operação da Polícia Civil

 

Os policiais da Superintendência, com apoio da delegacia de Redenção e Núcleo de Apoio a Inteligência (NAI/Sul), cumpriram um mandado de busca e apreensão em Parauapebas e oito em Floresta do Araguaia. As investigações seguem para identificar os autores do áudio que serão indiciados nos crimes contra a honra, tais como: injúria, difamação e calúnia. As pessoas que compartilharam o material também poderão responder pelo crime de difamação.

Publicidade

Veja
Também