Operação Obsidio registra 801 abordagens em sua segunda fase em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A segunda fase da Operação Obsidio, criada para reforçar o patrulhamento e a fiscalização de veículos em Parauapebas, registrou 81 abordagens entre os dias 24 e 27 deste mês.

Comandada pela Polícia Militar, a operação contou com a participação da Guarda Municipal de Parauapebas (GMP) e Departamento Municipal de Trânsito e Transportes (DMTT), convidados pela PM para fortalecer a união entre as forças policiais.


Segundo relatório emitido pela Inteligência da Guarda Municipal, a GMP realizou 234 abordagens: 163 pessoas, 46 carros e 115 motos. O DMTT, por sua vez, registrou outras 312, emitindo 62 notificações e retendo 38 veículos. Foram 255 abordagens por parte da PM, que registrou três ocorrências na 20ª Seccional Urbana da Polícia Civil, sendo duas autuações por embriaguez ao volante e uma por porte ilegal de arma.

Cerca de 50 agentes trabalharam diariamente na Obsidio. Foram 26 policiais militares, 15 guardas municipais e nove agentes de Trânsito, em média, por dia.

Apesar de a operação ter focado no Complexo VS-10, visando diminuir os índices de criminalidade naquela área, também foram registradas abordagens por todo o município, com duas das autuações realizadas no Bairro Cidade Jardim.

veja também