Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Organização criminosa é presa com dinheiro falso

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Após concluir apoio dado em uma blitz ocorrida na Estrada Municipal Faruk Salmen, próximo a Palmares Sul, uma guarnição da Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (Rocam), composta pelos cabos PM S.Barros e Batalha; e soldado Denis, retornando para o centro de Parauapebas, notou uma dupla que estava parada próximo à estrada se esquivando para não passar no local onde havia a ação de segurança.

“Fizemos a abordagem e encontramos com a dupla 60 reais em cédulas de 20 reais, mas, pela forma grosseira como foram produzidas, não deixou dúvidas tratar-se de crime de falsificação”, conta o cabo S.Barros, relatando ainda ter conseguido dos abordados a informação de que o material falsificado vem de outro indivíduo, até aquele momento, identificado apenas pelo prenome de Adão.


A guarnição conduziu a dupla, Macálil Moreira dos Santos e Marcelo Moreira dos Santos, até a casa do citado onde encontrou mais cédulas falsas e um simulacro de pistola ponto 40, mesmo calibre usado pela Polícia Militar.

A namorada do agora já identificado como Adão de Sousa Ramos, o delatou, contando que chega para ele, a cada dois dias, pelo menos R$ 400 em cédulas falsas, e ele tem como missão repassar à sua associação criminosa, que as injeta no comércio local.

 

O trio está preso à disposição da justiça e a menor, de 14 anos de idade, detida para os procedimentos cabíveis. De acordo com a Polícia Civil, as investigações seguem para desbaratar a organização criminosa que fabrica o dinheiro falso e distribui para a região.

Reportagem: Francesco Costa / Fotos: Kevin Kaick | Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também