Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

PA-160 é interditada em Parauapebas por trabalhadores do Projeto Alto Bonito

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Durante a manhã desta quinta-feira (17), funcionários de uma empresa que atua na parte elétrica no Projeto Alto Bonito interditaram as duas pistas da PA-160 para chamar atenção de autoridades, imprensa e população em geral sobre os seus respectivos salários que estão atrasados há cerca de 15 dias.

Em contato com a atual Secretária Municipal de Habitação de Parauapebas, Maquivalda Barros, ela informou à reportagem do Portal Pebinha de Açúcar que o atraso no salário dos trabalhadores é motivado pelo não repasse de verbas por parte do Ministério das Cidades.


“Solicitei uma nota à Caixa Econômica Federal sobre o assunto e estou no aguardo da informação, pois este controle é da instituição financeira. Assim que recebermos, encaminharemos à vocês”, relatou a titular da SEHAB.

Ainda pela manhã de hoje (17), um representante da empresa que os funcionários  estavam em manifestação, foi ao local e se comprometeu que parte do pagamento seria efetuada hoje e o restante em 15 dias.
Diante das negociações, os manifestantes decidiram entrar em acordo com a direção da empresa e finalizaram o manifesto com a liberação da PA-160.

Informações sobre a obra

Empreendimento fruto da necessidade de reurbanizar o bairro de Alto Bonito, na cidade de Parauapebas, no Pará. Anteriormente, a área era conhecida como Morro do Chapéu, por conta das invasões irregulares frequentes na região.

Atualmente, o loteamento Alto Bonito I conta com mais de 1.000 unidades habitacionais em construção. O projeto contempla toda a infraestrutura necessária para atender bem aos futuros moradores e seus visitantes.

O residencial conta também com áreas verdes, que totalizam 27.876,11m². Os espaços habitacionais estão integrados a um projeto de paisagismo que inclui espécies arbóreas nativas. Prevê áreas institucionais para a futura implantação de creches e postos de saúde.

STATUS DA OBRA

EXECUTADO até AGOSTO 2015 | 79%
CANTEIRO DE OBRAS | 100%
FUNDAÇÃO | 100%
ALVENARIA | 97%
ACABAMENTO | 44%

Publicidade

Veja
Também