Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Palestras em Parauapebas irão esclarecer novas regras para registros na Jucepa

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Desde fevereiro deste ano, papel deixou de ser usado com o processo 100% Digital. Junta Comercial, OCB/PA e Conselho de Contabilidade orientam para a novidade

Quem tem empreendimento no Pará ou planeja abrir o seu próprio negócio pode esquecer o papel para registrar qualquer ato empresarial. Desde o dia 17 de fevereiro deste ano, isso faz parte do passado com a implantação do processo 100% Digital pela Junta Comercial do Pará (Jucepa).


Os serviços são exclusivamente digitais para os tipos jurídicos de S.A cooperativas, empresas públicas e consórcios. Além de agilizar a abertura, alteração e fechamento de empresas, o serviço totalmente digital tem outra vantagem: dificulta a falsificação de documentos.
“Os processos digitais podem dar mais segurança ao cidadão que utilizará a certificação digital para assinar os processos, evitando o uso indevido de nome no quadro societário das empresas”, garante o secretário-geral da Autárquico da Jucepa, Fernando Velasco.

Mas, como toda novidade, o 100% Digital gera dúvidas e incertezas, razão pela qual a Junta Comercial começou a realizar ciclos de palestras por todo o Pará sobre o assunto, para informar e esclarecer sobre o programa, numa parceria com a Organização das Cooperativas do Brasil (OCB), no Pará, e Conselho Regional de Contabilidade.

O ciclo de palestras já passou por Belém, Itaituba, Santarém e nesta sexta-feira (6) chega a Parauapebas, com o apoio da prefeitura. O evento será realizado no auditório do Instituto Federal do Pará (IFPA), a partir das 18h30.

 

Apesar de o público alvo ser os empresários, futuros empreendedores e as cooperativas, está aberto também aos profissionais de contabilidade, advogados, estudantes e todos aqueles interessados sobre constituição das empresas pelas regras atuais.

O analista de Monitoramento de Cooperativas do Sistema OCB/PA, Jamerson Carvalho, explica que as cooperativas também precisam ficar atentas às novas regras por serem empreendimentos sociais coletivos que exploram atividades econômicas. E a região do Carajás, especialmente Parauapebas, “tem um número expressivo de cooperativas”, observa ele, que será um dos palestrantes no município.

As palestras

A primeira palestra será ministrada pelo diretor de Arrecadação da Prefeitura de Parauapebas, Artur Carvalho Ferreira, com o tema Licenciamento Municipal de Atividades de Baixo Risco. Logo em seguida, Jamerson Carvalho irá falar sobre Processos Assembleares das Cooperativas, ficando a última palestra para Thiago Pacheco, da Jucepa, que irá prestar todas as informações sobre o Processo 100% Digital.

Publicidade

Veja
Também