Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Pará promoveu mais de 3600 acordos na Semana da Conciliação

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

De acordo com a coordenadora da ação no Estado, juíza Kédima Pacífico Lyra, das 12.427 audiências de conciliação agendadas, foram realizadas 10.701 (86%), resultando em um montante de R$ 12.084.818,04 em valores homologados.

Com o slogan “o caminho mais curto para resolver seus problemas”, a semana é uma das principais ações institucionais promovidas pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) em todo o país. O judiciário paraense mobilizou 695 magistrados, 1.213 conciliadores, 1.923 colaboradores para a ação que ainda contou com 31 eventos paralelos.


De acordo com a juíza Kédima Pacífico Lyra, o objetivo foi conciliar o maior número de possível de processos, visando disseminar e fortalecer a culta da paz e do diálogo entre as partes, por meio da conciliação. “A campanha reforçou a ideia de que a conciliação é uma forma pacífica, rápida, eficaz e definitiva de solução de conflitos. À exemplo dos anos anteriores, o TJPA aderiu a campanha no 1º e 2º grau de jurisdição, com participação dos juízes, conciliadores, advogados, membros da Defensoria Pública e do Ministério Público”, comemorou a magistrada.

Varas da capital e do interior, inscritas no evento, realizaram audiências de conciliação em ações processuais e pré-processuais, garantindo ao jurisdicionado o direito a uma justiça célere e efetiva.

Para a Juíza Kédima Lyra, cada acordo celebrado merece ser comemorado, especialmente pelo Poder Judiciário, garantidor dos direitos e garantias fundamentais previstos na Constituição Federal. “Quando as duas partes de uma questão entram em acordo, todos saem ganhando. Está provado que esse caminho é o mais curto e eficaz para a solução de problemas, seja na Justiça ou mesmo quando o caso ainda nem se transformou em processo judicial”, declarou.

Reportagem: Vanessa Vieira

Publicidade

Veja
Também