Pará registra redução contínua da criminalidade no primeiro quadrimestre de 2022

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Pelo quarto mês consecutivo, o Pará registra a redução de crimes violentos em todo o estado. Os dados divulgados na última terça-feira (03) apontaram que de 1º de janeiro a 30 de abril, os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), que incluem casos de homicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte, reduziram em 10% se comparados os anos de 2022 e 2021, quando foram computados 704 e 780, respectivamente, representando a preservação de 76 vidas.

A queda foi ainda maior ao comparar com o primeiro quadrimestre de 2018, apontando 51% de redução, ou seja, 731 vidas foram preservadas. Os dados são analisados e consolidados pela Secretaria Adjunta de Inteligência e Análise Criminal (Siac), vinculada à Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Segup).


Para o secretário de Segurança Pública e Defesa Social, Ualame Machado, ainda há um percurso a ser trilhado para que a cada mês a redução seja ainda melhor, com a redução contínua nos indicadores de criminalidade.

“Nós concluímos a análise dos dados do primeiro quadrimestre de 2022, de janeiro a abril, e mais uma vez constatamos a queda em relação a 2021, dessa vez de 10% e mais de 50% quando comparado com o último ano antes de assumirmos a gestão. Ressaltamos que estamos no quarto ano seguido de redução da criminalidade de redução, e isso demonstra a integração das Forças e uma política que funciona na Região Metropolitana e também no interior do Pará, a qual está surtindo efeitos e garantindo mais segurança para a nossa população”, enfatizou

Balanço de abril

Os casos de roubos, em abril, apresentaram uma diminuição de 20% ao computar 4.395 ocorrências, com 1.102 casos a menos, em todo o estado. Ao comparar com 2018, foram apontadas 50% de redução quando foram registrados 8.852 casos de roubo. No ano passado, foram computados 5.507 registros; em 2020, 3.553; e em 2019 foram registradas 6.834 ocorrências.

O roubo a transeunte diminuiu 31%, com 4.139 casos em 2021 e, neste ano, 2.856, apontando uma diferença no número absoluto de 1.283 roubos a transeuntes a menos, no Pará.

Acumulado

No acumulado do quadrimestre, de 01 de janeiro a 30 de abril, os crimes de roubo também apresentaram redução de 14,58% se comparado os anos de 2021 e 2022, que computaram 22.535 e 19.249, respectivamente. Se comparado ao ano de 2018, a queda foi de 50,77% quando foram contabilizados 39.101 casos de roubo. O roubo de veículos apresentou redução de 14% ao computar 681 ocorrências, em relação ao mesmo período do ano passado quando foram computadas 792. Já em relação a 2018, a queda foi de 74%, quando foram contabilizados 2.675 casos.

“Estamos contabilizando a constante redução desde o mês de janeiro deste ano, tanto nos crimes violentos quanto no número de roubos em todo o estado, seja a transeuntes ou de veículos, o que demonstra a assertiva da estratégia montada, da integração dos órgãos de segurança à utilização da inteligência de operações integradas para que a gente possa de fato combater a criminalidade em todas as regiões e garantir a segurança da nossa população”, destacou Ualame Machado.

veja também