Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Parauapebas alcança resultados positivos com o Programa Mais Educação

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Com o objetivo de socializar e compartilhar experiências e saberes, além de demandar responsabilidades, compromissos, atribuições e esclarecer a importância do trabalho voluntário, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) realizou na última segunda-feira (30), no auditório da prefeitura, mais um encontro do Programa Mais Educação.

Professores, diretores, coordenadores e monitores que trabalham com o programa foram o público-alvo. As equipes das escolas Crescendo na Prática, União do Povo e Eunice Moreira expuseram as atividades que desenvolvem no Mais Educação, destacando os resultados positivos obtidos depois da implantação da ação. Houve também apresentações culturais de alunos das escolas Carlos Drummond e Eunice Moreira.


Localizada na zona rural, a Escola União do Povo possui cem alunos inseridos nas atividades de dança, futebol, letramento e canteiro sustentável. Segundo Elisângela Lucena da Silva Lima, diretora da unidade, os resultados obtidos a partir da implantação das atividades são bastante positivos, com destaque para a horta sustentável e o letramento.

“A leitura e a escrita dos alunos que fazem parte das atividades de letramento têm melhorado significativamente. Já por meio da horta sustentável, além da aprendizagem das práticas de cultivo, os alunos aprendem a trabalhar em equipe e cooperação”, descreve a gestora, ressaltando que a horta tem incrementado o cardápio escolar. “Agora, temos mais opções de verduras, pois produzimos acelga, rúcula, mostarda, quiabo, maxixe, entre outros”.

Programa
O Mais Educação funciona em parceria com o governo federal, com o apoio de monitores voluntários. Atualmente, o programa atende a mais de 2.500 alunos de 23 escolas do município. Ele amplia a jornada escolar em, no mínimo, quatro horas diárias e oferece diversas atividades de livre escolha, que complementam a escolarização e o currículo obrigatório.

As atividades oferecidas estão inseridas nos macrocampos educação ambiental; esporte e lazer; direitos humanos em educação; cultura e artes; cultura digital; promoção da saúde; comunicação e uso de mídias; investigação no campo das ciências da natureza; e educação econômica.

Segundo Cícero Bezerra, coordenador do programa em Parauapebas, o maior benefício para os alunos do Mais Educação está relacionado ao rendimento escolar e à diminuição da evasão. “O programa atende em sua grande maioria a alunos que estão em situação de vulnerabilidade social, alguns faltosos e indisciplinados. Assim, ele [o programa] tem melhorado significativamente o rendimento desses alunos e diminuído o índice de evasão”, informa Cícero Bezerra.

Reportagem: Messania Cardoso / Foto: Marcos Rocha

Publicidade

Veja
Também