Após morrer em confronto com a polícia, bandido é reconhecido por vítimas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Foto do elemento ainda em vida

Depois de muito fazer em vida, as vezes o reconhecimento vem depois. Foi o caso de Tainã Fernandes da Silva.
Porém, no caso dele, não foi reconhecido por grandes feitos nem por atos de heroísmo, mas, sim, por se envolver no mundo do crime, motivo que tombou em enfrentamento com a Polícia Militar, sendo depois de morto, reconhecido por suas vítimas.

A morte do meliante se deu na noite da última quinta-feira (4), quando uma guarnição da Polícia Militar descobriu o esconderijo onde estariam suspeitos de praticar assaltos em Parauapebas, já tendo inclusive subtraído,  sob o uso de força de arma de fogo, uma motocicleta que se tornou ferramenta útil no empreendimento criminoso.


Mas, quando a guarnição policial chegou ao local apontado como sendo o esconderijo dos elementos, foi recebida com disparos de arma de fogo, cuja recepção foi correspondida vindo a alvejar Tainã, que, mesmo socorrido em unidade hospitalar, evoluiu a óbito.

Confira detalhes do caso – Na tarde do dia 28 de fevereiro, um dia de domingo, assaltantes tomaram de sua vítima, sob uso da força e arma de fogo, uma motocicleta Honda, modelo Biz 100 CC, com PLACA QEJ 7735. Quatro dias depois, na tarde de ontem, quinta-feira (4), utilizando o mesmo veículo para a prática de assaltos contra outras pessoas, de quem tomavam objetos diversos, como celulares e outras motos.

Talvez, para ampliar o negócio ilícito, na tarde de ontem, tomaram, nos mesmos modus operandis, outra motocicleta da mesma marca e modelo POP 100, cujo veículo foi abandonado e recuperada pela Polícia Civil.

Não demorou muito para que uma vítima de assalto comparecesse na unidade policial denunciando ter sido assaltada por bandidos armados que haviam lhe tomado um aparelho celular. Mas, para o azar dos bandidos e sorte de suas vítimas, o aparelho celular estava com o sistema de localização ligado; e foi graças à essa tecnologia que os policiais chegaram ao local onde, poderia estar, e estava, escondido o bando que vinha aterrorizando pessoas de bem.

No local, sobre um morro com muito mato, havia apenas uma casa de cujo interior foram feitos disparos em direção aos policiais. Como é de praxe e orientado pelo comando policial, a agressão foi respondida, sendo visto a fuga de dois suspeitos que abandonaram o local a pé.

 

O trabalho de adentrar no esconderijo foi prosseguido, onde os policiais encontraram um homem ferido, depois identificado como sendo Tainã Fernandes da Silva, sendo socorrido imediatamente para o Hospital Municipal de Parauapebas, onde não resistiu aos ferimentos e morreu.

No local, foram encontrados, além da motocicleta HONDA modelo POP 100 CC, vários aparelhos de telefones celulares e a arma utilizada pelo bandido e outros pertences sem origem legal.

Após morto, várias vítimas reconheceram Tainã como sendo o envolvido em vários roubos em Parauapebas. Entre os crimes de Tainã, está o roubo de motocicleta.

0

Publicidade

veja também