Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

PARAUAPEBAS: Autoridades convocam imprensa e repassam informações sobre incêndio em assentamento

Na tarde deste domingo, 10, órgãos ligados a Prefeitura de Parauapebas e Polícia Civil realizaram uma entrevista coletiva para divulgar o status do atendimento às vítimas do incêndio que aconteceu no assentamento Terra e Liberdade, próximo da Palmares 2, que resultou em nove mortes.

O prefeito Darci Lermen destacou a atuação dos órgãos municipais e afirma que a gestão municipal não mede esforços no apoio às vítimas. “A prefeitura vai arcar com todas as despesas com os serviços funerários, também estamos providenciando água e alimentação. Equipes da saúde também estão a postos para dar todo suporte psicológico para todos que passam por este momento tão difícil”, enfatiza o gestor.

O acidente ocorreu na noite do último sábado, dia 9, devido a uma descarga elétrica durante instalação de rede de internet, ocasionando a morte de nove pessoas. Uma ainda foi levada para o Hospital Geral de Parauapebas, mas já chegou sem vida.

“Sete pessoas foram atendidas e já receberam alta. Atualmente, apenas uma permanece internada com queimaduras de segundo grau e apresenta um quadro estável”, relata Yuri Amorim, diretor do Hospital Geral de Parauapebas.

A Polícia Civil instaurou inquérito e aguarda o laudo pericial para dar seguimento aos trâmites de apuração do fato. “Além disso, procedemos na identificação dos corpos das nove vítimas fatais. Oito tiveram a identificação confirmada, já para identificar uma das vítimas será preciso fazer de um exame de DNA, a partir da coleta de material genético do pai ou mãe da vítima, devido ao estado de carbonização”, detalha João Abel, delegado de Polícia Civil.

Proteção e Defesa Civil

A Defesa Civil de Parauapebas realizou o reconhecimento do local, verificando prejuízos e danos causados pelo sinistro. “Enviamos equipes de assistentes sociais para fazer levantamento das necessidades de cada família para daí encaminhar para a rede socioassistencial. Já começamos a trabalhar no reestabelecimento dos serviços essenciais com entrega de kits humanitários e durante a semana continuaremos com a nossa equipe social dando suporte para todas as famílias do assentamento”, conta Erik Nascimento, coordenador do órgão.

O ministro Paulo Teixeira, do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar, lidera a equipe que já está no município para reuniões com as lideranças do MST.

Reportagem: Anne Costa

Qual sua reação para esta matéria?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
Ei, Psiu! Já viu essas?

Deixe seu comentário