Publicidade

Parauapebas deverá contar com Feira Comercial de Liquidação

Prestigiando a 23ª Feira Liquida Geral (Capanema) que ocorre, tradicionalmente, de 4 a 6 de setembro, o diretor da Câmara de Dirigentes Lojistas de Parauapebas (CDL), Gilberto da Papelaria, representou a entidade e aproveitou para conversar com empresários ouvindo deles ideias inteligentes para turbinar a economia de um município.

O evento é realizado pela CDL e aquece a economia daquele município em 400% a mais em relação aos dias comuns, atraindo, pelo menos, 60 mil visitantes. “Ao retornar de lá, reuni com o presidente da CDL Parauapebas, Euler Rony, e já estamos com o projeto de promover em Parauapebas uma feira semelhante, o que certamente trará bons resultados”, planeja Gilberto da Papelaria, elogiando o presidente da CDL Capanema, Antonio Cauati, pelo esforço de manter o evento por tantos anos, desde 1997, transformando-se na maior promoção conjunta organizada pelo comércio de Capanema que hoje é referência para diversos municípios do estado do Pará e do Brasil.


“Nosso objetivo é promover aproximação entre a oferta e demanda de mercado, servindo como fonte facilitadora das operações comerciais, recuperação de débitos e oferta de créditos”, explica o presidente da CDL Capanema, Antonio Cauati, dando por certo que além disso a feira oportuniza às empresas participantes da campanha melhoria no fluxo de caixa, liquidação de ponta de estoque, renovação e ampliação de seus mix de produtos e serviços; estimula a criação de novos empregos, manutenção de postos de trabalho e geração de renda nos setores produtivos da economia regional; fortalece a condição de Capanema como polo comercial da região nordeste do Estado do Pará.

O evento é realizado em parceria com a Prefeitura Municipal de Capanema, através da Secretaria Municipal de Indústria, Comércio, Turismo e Mineração. “Apoiar a Liquida Capanema é um dever do Poder Executivo, já que trata-se de um evento que traz oportunidade para todos os segmentos”, explicou Marcelo Pierre Rimes Acacio, Secretário Municipal de Indústria, Comércio, Turismo e Mineração, detalhando os participantes diretos: 100 Empresas o que equivale 9% do total da cidade; Não participantes beneficiados diretamente: mais de 500 empresas, o que equivale a 32% do total da cidade; mais de 200 prestadores de serviço de transporte (ônibus, van, táxi e moto-táxi); mais de 100 vendedores ambulantes; além de beneficiar indiretamente todas as empresas e empreendedores do município de Capanema; o que segundo pesquisa realizada pelo SEBRAE e CDL de Capanema, o volume aproximado de negócios do Liquida Geral foi de 35 milhões de reais.

Quem também prestigiou o evento foi o Prefeito de Capanema, Chico Neto; o gerente do Sebrae em Parauapebas, Raimundo Nonato de Oliveira; e a Analista do Sebrae em Capanema, Ediane Dias.

Compartilhe essa notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Tags

Veja também

Fechar Menu