Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Parauapebas: DMTT apreende média de cinco táxis lotação por dia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

De acordo com o diretor do Departamento Municipal de Trânsito e Transporte (DMTT), Rafael Cristo, o serviço de táxi lotação não está regulamentado em Parauapebas. Por esse motivo, o órgão tem intensificado as fiscalizações, apreendendo uma média de cinco carros por dia que estejam exercendo irregularmente o serviço de transporte coletivo.

Rafael Cristo antecipa também que a lei que regulamenta o transporte público na cidade ainda não foi votada, porém ela não contempla a oferta de serviço de transporte via táxi lotação. “Essa modalidade de transporte encontrou espaço na cidade por conta da deficiência do sistema atual. Até o final do ano, 100 micro-ônibus devem substituir as vans, melhorando a qualidade do serviço. Só a partir disso, será avaliada a necessidade de regulamentar ou não a categoria de táxi lotação”, declarou o diretor do DMTT.


Atualmente, Parauapebas conta com duas cooperativas de táxi lotação e uma terceira está se organizando na Palmares Sul. A categoria oferece clandestinamente os serviços de transporte coletivo e está sujeita a punição. Quando os veículos são apreendidos, os responsáveis devem pagar uma multa de 150 reais, acrescidos dos valores referente ao guincho e taxa diária de ocupação no pátio do Departamento Municipal de Trânsito e Transporte.

“O risco de pegar um transporte como esse é muito grande, pois os operadores não possuem autorização para realizar os serviços e não seguem padrões de segurança”, alerta Rafael Cristo, destacando que o órgão está sempre à disposição da classe e tem realizado orientação junto às cooperativas quanto à situação ilegal do táxi lotação em Parauapebas.

Reportagem: Karine Gomes / Foto: Francesco Costa

Publicidade

Veja
Também