Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Parauapebas é campeão da primeira fase do Parazão 2015 e terá Remo e Paysandu pela frente

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O Parauapebas Futebol Clube (PFC) conquistou na tarde deste sábado (6), o título da primeira fase do Campeonato Paraense 2015. O PFC venceu o Tapajós por 4 a 2 nos pênaltis, após empate em 1 a 1 no tempo normal, no estádio Rosenão, pela final da competição estadual.

Os gols foram marcados na segunda etapa. O Parauapebas abriu o placar com Thiago Potiguar, mas o Tapajós chegou a igualdade com Leandrinho.


As duas equipes estão garantidas na fase principal do Parazão juntamente com Castanhal e Gavião Kyikatejê.

O Jogo
As duas equipes entraram em campo dispostas a buscar o gol, porém o Tapajós começou melhor. Apesar do bom momento do Boto, que oferecia maior perigo era o Parauapebas. Aos dez minutos, Diego Lira tentou tocar por cima do goleiro Jader, mas o goleiro se recuperou e realizou a defesa.

Aos 33 minutos, Souza cabeceou, mas o goleiro Jader realizou grande defesa. Nos acréscimos do primeiro tempo, Moisés levantou na área e Welthon cabeceou para fora.

Para a segunda etapa, o Parauapebas retornou a campo melhor. E logo aos dois minutos, Souza finalizou forte, o goleiro Jader espalmou e a bola sobrou para Thiago Potiguar abrir o placar.

Aos 11’, Souza foi derrubado na área e o árbitro assinalou a penalidade. Na cobrança, Thiago Potiguar bateu e o goleiro Jader defendeu.

Como o Parauapebas não aproveitou o momento, o Tapajós foi ao ataque. Carlinho Maraú finalizou, o goleiro Dalton espalmou e a bola sobrou para Leandrinho completar para o fundo das redes.

Aos 28’, Carlinho Maraú cruzou para Bené, que desperdiçou a oportunidade.

Aos 35’, o Parauapebas volta a chegar com perigo. Thiago Potiguar chutou forte, Jader espalma e Leandrinho afasta o perigo. O jogo terminou com o placar empatado e foi para as penalidades.

Nas cobranças de penalidades, o Parauapebas marcou com Thiago Potiguar, Cléo, Magno Ribeiro e Alex Ruan, enquanto que Leandrinho e Welthon marcaram para o Tapajós. Jonathan e Carlinho Maraú desperdiçaram pelo Tapajós. Já Régis errou pelo lado do Parauapebas.

Concorrência acirrada
Com a divulgação dos grupos da primeira fase do Campeonato Paraense de 2015, a capital terá sua hegemonia ameaçada. Oito equipes do interior do estado brigam pelo título maior do futebol paraense, que começa a ser disputado a partir do dia 1º de fevereiro.

A dupla Re-Pa, que faturou os títulos da temporada 2013 e 2014 vão defender a hegemonia e tentar repetir o último estadual, quando as duas equipes decidiram o Parazão, porém o interior do estado mostra sua força para repetir o feito de Independente e Cametá, em 2011 e 2012, respectivamente.

Além das duas equipes, o interior terá o Castanhal, que retorna a elite do futebol estadual depois de três anos, além do Paragominas, que chegou a decisão do estadual de 2013, desbancando o Remo, mas perdeu na final para o Paysandu.

O sudeste do Pará terá o Gavião Kyikateje e o Parauapebas, que pela primeira vez irá disputar a elite do futebol e deixando para trás, o tradicional Águia de Marabá, que apesar de estar na Terceira Divisão nacional, vai ficar de fora da elite, pelo segundo ano seguido.

Por fim, a região oeste do Pará terá a força do Leão, com o São Francisco e o Boto, com o novato Tapajós, que será o caçula da competição, deixando de fora o São Raimundo, campeão brasileiro da Série D, em 2009.

Publicidade

Veja
Também