Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Parauapebas e Independente podem ficar de fora da Copa Verde 2016

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Na proposta, o Pará passaria a ter somente duas vagas, sendo somente uma pelo campeonato paraense e outra pelo Ranking Nacional de Clubes, o que privilegiaria Remo e Paysandu, respectivamente.

Em entrevista, o presidente do Galo Elétrico, Deley Santos, declarou que acionará o departamento jurídico do clube de Tucuruí para impedir qualquer alteração.


“Isto se chama virada de mesa. Não estamos sabendo nada sobre isso oficialmente, mas estamos trabalhando com o jurídico para nos resguardar. Os critérios para alcançar vaga na Copa Verde foram estabelecidos muito antes. É, no mínimo, injusto querer tirar, à esta altura, os dois que garantiram vaga dentro de campo”, declarou. O Independente ingressou na disputa por ter sido o vice-campeão paraense, enquanto que o Parauapebas foi o segundo melhor colocado na classificação geral.

No início da preparação para a disputa do campeonato paraense, o Independente contratou o técnico Lecheva e apenas quatro jogadores, são eles: Alencar Baú (goleiro), Ivson e Ezequias (zagueiros) e Jaquinha (lateral esquerdo). ‘Contamos com nossa base que está aqui desde o ano passado e devemos fechar mais dois atletas até o final desta semana’, projetou Deley, que frisou: ‘Estamos seguindo o planejamento contando com a Copa Verde’.

Em contato por telefone com o vice-presidente do Parauapebas Futebol Clube (PFC), Robervaldo Freitas, o dirigente informou que terá uma reunião hoje com o restante da diretoria do clube parauapebense para debater sobre o assunto. “Conquistamos a vaga em campo e não vamos aceitar decisões tomadas fora do regulamento”, disse.

Reportagem: ORM News e Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também