Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Parauapebas empata com Gavião Kyikatejê em Marabá e na classificação geral é líder do Parazão 2015

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O vice-campeonato na Taça Cidade de Belém parece ainda não ter saído da cabeça do Parauapebas. Em Marabá, diante de um estádio praticamente vazio, o “Trem de Ferro” abriu o placar e perdeu seguidas chances de ampliar o marcador na partida contra o Gavião Kyikatejê e acabou punido com um empate no final, que garantiu ao time o primeiro lugar na classificação geral do Campeonato Paraense de Futebol 2015.

O Pebas volta a campo somente no dia 8 de abril, contra o Paysandu, na Curuzu. Já o próximo compromisso do Gavião no estadual é contra o São Francisco, nesta quinta-feira, novamente em Marabá.


Embaixo de um sol escaldante e gramado castigado pela chuva dos dias anteriores, Gavião e Parauapebas protagonizaram um primeiro tempo de poucos lances perigosos. Já o segundo tempo começou com o zagueiro Danúbio abrindo o marcador após cobrança de escanteio logo aos 2 minutos.

O Gavião partiu para o ataque em busca do empate, deixando muito espaço para os contra ataques do PFC, que não estava em tarde muito inspirada. Aos 33 minutos o árbitro marcou penalidade para o Gavião após lance rápido que terminou com jogador derrubado na grande área. Clayton Monga cobrou e fechou o marcador em 1 a 1.

“O árbitro foi infeliz no pênalti, eu estava na jogada. Antecipei a jogada e o jogador veio de trás e tocou na minha perna. Mas agora não tem como voltar atrás e negócio é treinar para vencer nas próximas partidas”, avaliou o lateral-esquerdo Mocajuba, do PFC.

“Tomamos o gol no começo do segundo tempo mas, dentro das condições, não foi dos piores resultados. Agora é buscar a vitória fora de casa para tentar a classificação”, comentou o volante Julio Cezar, do Gavião.

FICHA TÉCNICA DO JOGO

Gavião Kyikatejê: Mumu; Gil Bala (Ricardinho), Robertão, Max Melo e Edinaldo; Júlio César, Paulinho 47, Diogo Piraca e Bombom (Renato Tucuruí); Monga e Cléo. Técnico: Vitor Jaime

Parauapebas: Paulo Rafael; Rodrigo Siqueira (Ray), Negretti, Léo (Danilo Caramuru) e Mocajuba; Dedeco, Gustavo, Romeu (Fabiano) e Juninho; Ueslei (Daniel)e Danúbio. Técnico: Léo Goiano.

Árbitro: Nadilson Souza dos Santos

Assistentes: José Ricardo Guimarães Coimbra e Ducival da Silva Brito

Quarto árbitro: Antônio Rafael Rodrigues da Silva e José Silva dos Santos

Cartões amarelos: Juninho, Gustavo e Mocajuba (Parauapebas)

Local: Estádio Zinho Oliveira, em Marabá
Renda: R$ 2.450,00 – Pagantes: 145 – Credenciados: 240 – Total: 385

Reportagem: DOL
Foto: Arquivo / Israel Lira / Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também