PARAUAPEBAS: Garanhão do Tinder aplica golpe de R$ 100 mil em namorada

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Anderson Alecrim de Santana, de 41 anos de idade está preso à disposição da Justiça no Sistema Penitenciário de Parauapebas. Contra ele, pesa o crime de estelionato, conforme previsto no artigo 171 do Código Penal Brasileiro. O acusado foi preso durante a noite da última sexta-feira (4) por uma equipe da 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil. Segundo as investigações, ele usava o aplicativo Tinder para aplicar golpes em mulheres.

De acordo com informações da Polícia Civil, o acusado foi preso após ser denunciado por sua namorada, onde ela informou em depoimento que estava desconfiando de Anderson Alecrim, pois durante o relacionamento amoroso, ele havia pedido uma boa quantidade de dinheiro emprestado, entretanto, nunca pagava o empréstimo, onde a dívida já estava em R$ 100 mil. Inclusive, na sexta-feira, Anderson Alecrim tinha pedido mais uma quantia emprestada, porém a vítima não havia mais crédito para solicitar empréstimo.


Intrigada com o caso, a vítima de Anderson Alecrim procurou um irmão que é advogado, onde ele pediu para ela comparecer até a delegacia, pois poderia ter caído em um golpe. Diante dos fatos, ela compareceu na unidade policial e mostrou os comprovantes bancários das transferências realizadas. Em posse das informações, os policiais foram até a residência do suspeito e o conduziram até a delegacia para ser ouvido.

Na unidade policial os agentes descobriram que Anderson Alecrim já havia aplicado golpes em outras pessoas e até mesmo em empresas, o mais grave sendo em uma loja de eletrônicos, onde comprou equipamentos no valor de R$ 20 mil, entretanto, ele enviou os comprovantes bancários, mas eram todos falsos e os os objetos foram devolvidos para a empresária da loja.

veja também