PARAUAPEBAS: Jornada Pedagógica abre calendário letivo da rede municipal de ensino

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Com o objetivo de ampliar as discussões sobre Metodologias Ativas na perspectiva da inclusão, equidade e qualidade, bem como dar continuidade ao debate traçado na V Conferência Municipal de Educação, a Jornada Pedagógica 2022 foi realizada em Parauapebas para um público de mais de dois mil educadores.

A abertura do evento ocorreu na segunda-feira, 17, no Parque de Exposição Lázaro de Deus Vieira Neto, momento marcado pelo lançamento das escolas de tempo integral e a apresentação da parceria firmada com o Itaú Social – Programa Melhoria da Educação, além de palestras com profissionais renomados da educação.


O primeiro dia de evento contou com a participação presencial dos gestores (direção e vices, coordenadores e técnicos da Semed), e on-line dos professores da rede, por meio da transmissão pelo canal da Semed no Youtube. Na ocasião, Carol Almeida trouxe a temática “O que os protagonistas fazem para encantar e inspirar? 3 segredos para fazer a diferença”, enquanto Murilo José Digiácomo abordou “Metodologias Ativas na Perspectiva da Equidade”.

O professor Frank Santos da escola João Evangelista (Palmares 1) participou ativamente da Jornada Pedagógica. Na avaliação dele o momento traz reflexões importantíssimas para o aprimoramento das práticas educacionais. “Contribui muito para com as nossas práticas pedagógicas, são discussões necessárias, que precisam de fato ser realizadas, uma vez que contribuem com nosso aprimoramento e reconstrução enquanto professores”, afirma o educador.

Na manhã da terça-feira, 18, o momento formativo ocorreu de forma presencial para todos os professores, que participaram das palestras de acordo com o segmento em que lecionam. Para a educação infantil, o professor Lino de Macedo discorreu sobre “Metodologias Ativas na perspectiva da inclusão, equidade e qualidade na educação infantil”; a professora Silvia Colello abordou a temática na perspectiva da alfabetização e letramento para os ciclos iniciais; os ciclos finais foram contemplados pelo professor Osvaldo Alves e a educação do campo, por Eliane Felipe.

No mesmo dia à tarde, a palestra do professor doutor Geraldo Peçanha sobre “Metodologias Ativas na Perspectiva da Qualidade”, foi realizada com público presente e transmissão ao vivo para os professores. O Pôr do Sol Cultural, que contou com música, mística, teatros, sarau literário, entre outras atividades protagonizados pelos próprios educadores, além de música ao vivo, encerrou a programação do dia.

Para o secretário de Educação José Leal Nunes a primeira etapa da Jornada foi muito produtiva e sucesso de público. “Este evento marca oficialmente o início do ano letivo na rede municipal de educação.  Os educadores estão participando ativamente. Com certeza trará grandes contribuições e enriquecerá as práticas dos educadores”, pontua Leal.

Diversas autoridades marcaram presença no evento, entre elas, a vereadora Eliene Soares, o presidente da Câmara Municipal, vereador Ivanaldo Braz; o secretário de especial de governo, Keniston Braga e o prefeito Darci Lermen. Segundo eles, o evento formativo é de grande importância para a qualidade da educação municipal.

“A Jornada Pedagógica é um momento de grande reflexão na busca de uma educação com mais qualidade, mais inclusiva, mais integral. Eu tenho certeza de que instrumentos extraordinários discutidos na Jornada vão apontar novos rumos para a educação”, destacou o gestor, mencionado também que em breve Parauapebas terá três escolas de tempo integral.

ESCOLAS DE TEMPO INTEGRAL E ACOLHIMENTO NAS ESCOLAS

Nesta quarta-feira, 19, os educadores das escolas de tempo integral participaram presencialmente da programação da Jornada, ocasião em que as professoras Pilar Lacerda e Francineide Bezerra, trataram sobre a “Educação Integral como caminho para uma educação com qualidade e equidade” e “Alinhamento Curricular”, respectivamente.

Ainda durante a semana, ocorrerão reuniões administrativas, bem como de planejamento didático e diagnóstico inicial em todas as escolas da rede de ensino.

veja também