Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

PARAUAPEBAS: Menos de 1% dos beneficiários do Bolsa Família fizeram avaliação nutricional no 2º semestre

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A avaliação é obrigatória e pode resultar em suspensão do benefício

Equipes das secretarias municipais de Saúde e Assistência Social de Parauapebas estão convocando os beneficiários do programa Bolsa Família para a realização da avaliação nutricional no segundo semestre de 2017.
“Essa segunda vigência iniciou em agosto e termina no final de dezembro, mas é importante que as famílias não deixem para última hora para não correr o risco de ter o benefício suspenso”, destaca Maria Luiza Leão, nutricionista.


De acordo com o Ministério de Desenvolvimento Social, 8.518 famílias recebem o benefício atualmente em Parauapebas. Os beneficiários precisam fazer o acompanhamento, caso contrário podem chegar a ser suspensos do programa. O prazo encerra mês que vem e o preocupante é que menos de um 1% fizeram o acompanhamento até agora.

Um cenário bem diferente do primeiro semestre em que foi possível atingir resultado inédito de 63,9% de cobertura do Programa Bolsa Família (PBF). O feito aconteceu entre os meses de janeiro e junho deste ano.

Para buscar resultados positivos antes do término do ano. Uma grande mobilização será realizada neste fim de semana. No sábado, 25, os beneficiários deverão se dirigir até a unidade básica de saúde mais próxima de sua residência para fazer a avaliação. Já no domingo, 26, o trabalho será realizado nas escolas: Nelson Mandela (Jardim Tropical), Terezinha de Jesus (Cidade Jardim) e Mário Lago (VS10). Lembrando que o horário de atendimento será de 08h às 12h.

“As família que não tem tempo durante a semana terão essa oportunidade. É uma condicionalidade do programa a realização da pesagem. E a gente ressalta que tem um tempo para que esses dados possam ser inseridos no sistema. Então, quanto antes às famílias procurarem nossos serviços, melhor”, alerta Luiza.

Documentos

– Cartão do Programa Bolsa Família;
– RG do titular;
– Certidão de Nascimento das crianças;
– Cartão de vacinação do titular e das crianças atualizado

Reportagem: Anne Costa / Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também