Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

PARAUAPEBAS: Ônibus deverão adotar adesivo que indica ponto cego para ciclistas e motociclistas

Nesta segunda-feira (4), foi publicado no Diário oficial de Parauapebas a Lei de número 5.364, de 23 de novembro de 2023, que obriga que todos os veículos de transporte público e privado, devem ter adesivos indicando a localização de pontos cegos dos veículos para motociclistas e ciclistas.

A lei foi assinada e sancionada pelo prefeito Darci Lermen e passa a valer a partir da publicação, nesta segunda-feira. Em caso de descumprimento, a lei prevê punições que podem doer no bolso das empresas prestadoras de serviços, a partir da segunda autuação.

A primeira penalidade, prevista no artigo segundo, parágrafo primeiro, é uma advertência na primeira autuação da infração, já a segunda prevê uma multa que deverá ser regulamentada pela Prefeitura de Parauapebas, com base na Lei 4.551, de 20 de dezembro de 2013.

PONTO CEGO

Os pontos cegos de caminhões e ônibus, são aquelas regiões que o reflexo do retrovisor não alcança, fazendo com que o condutor perca a visibilidade do que está ao seu redor.

As zonas de risco no entorno de caminhões e ônibus são quatro: as partes dianteira e traseira e os lados direito e esquerdo. Cada área exige um cuidado especial, mas a que apresenta maior perigo é a do lado direito. Por conta da distância em relação ao condutor, essa região oferece pouca visibilidade, principalmente quando o outro veículo se aproxima da cabine. Nos casos em que uma moto faz uma ultrapassagem perigosa pela direita, por exemplo, a chance de ocorrer uma colisão é grande.

A quantidade e o tamanho dessas áreas cegas variam conforme a dimensão do veículo e com o jogo de retrovisores que ele tem. Isso significa que um carro pode até ser visto pelo motorista de caminhão, mas uma motocicleta ou uma bicicleta, não.

Qual sua reação para esta matéria?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
Ei, Psiu! Já viu essas?

Deixe seu comentário