Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Parauapebas: Pais e escola se unem pela melhoria do aprendizado

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Há muito tempo, os profissionais da educação têm buscado inserir os pais no contexto escolar e, para isso, têm desenvolvido as mais diversas estratégias. Uma delas, inclusive, já faz parte do calendário escolar das unidades de ensino de Parauapebas: trata-se do “Dia da Família na Escola”, momento em que pais e educadores reúnem-se para pensar na melhor forma de juntos, contribuírem para a melhoria da educação.

Este ano, várias escolas municipais já realizaram o encontro e outras ainda o realizarão. No último sábado (31), foi a vez das escolas Cecília Meireles e Ana Maria Machado. A primeira atende mais de 1.300 estudantes, da educação infantil à Educação de Jovens e Adultos, enquanto a segunda acolhe 420 alunos do 1º ao 3º período, crianças de 4 e 5 anos.


Escola Ana Maria Machado

Foi com o tema “Escola e Família, Parceria que Dá Certo“ e o lema “Juntos Podemos Transformar” que a unidade de ensino realizou o evento. Segundo a diretora, Gelma Vieira Lopes, os temas retratam bem o quanto a junção de forças entre as duas instituições faz-se necessária para a educação integral de seus alunos.

“Este é um momento de aproximação, interação e integração entre pais e corpo escolar. Aqui, nos conhecemos melhor e compreendemos o quanto essa parceria realmente dá certo”, afirma Gelma.

Durante o encontro, a escola ofereceu vários serviços às famílias, entre os quais palestras, oficinas, assessoria jurídica, testes rápidos de HIV e sífilis, vacinação, artesanato, corte de cabelo e pintura em tecido.

Natália de Morais, mãe de Ariele Sofia, aluna do 2º período, participou da palestra sobre o valor da família e desfrutou de serviços estéticos. “Além de vivenciar parte da realidade escolar de minha filha e verificar como posso contribuir ainda mais com a educação dela, sairei mais bonita daqui, com cabelo cortado e sobrancelha arrumada”, relata.

A diretora afirma que o encontro só foi um sucesso por causa do apoio que recebeu de sua equipe, das secretarias de Educação e Saúde, do Centro de Treinamento e Recursos Humanos (CTRH) e outros parceiros. “Todos foram fundamentais para o sucesso do evento”, conta.

Escola Cecília Meireles

A instituição realizou o segundo encontro entre família e escola de 2013. Conforme a diretora Rosineide Pires, no primeiro encontro vários serviços foram disponibilizados aos pais e alunos. Já durante o último evento, houve a culminância de diversos projetos desenvolvidos na escola.

“Com o objetivo de estreitar ainda mais os laços entre os pais e a escola e fazer com que a família nos ajude na missão de educar, convidamos os responsáveis pelos estudantes, pela segunda vez este ano, e apresentamos a eles os trabalhos que estão sendo realizados por seus filhos, como produção de livros, projetos desenvolvidos nas salas de leitura e informática e apresentações culturais”, descreve.

As mães Danielle Barros e Evanuce Ximenes têm filhos matriculados na escola e afirmam estarem presentes na educação deles. “Estou quase todos os dias na escola. Verifico desde comportamento até a aprendizagem. Sou consciente de que a educação começa em casa e de que a escola é uma extensão dela [casa]”, relata Evanuce.

Danielle assegura também que nunca deixou de participar dos eventos realizados pela escola. “Sempre que recebo o convite, estou aqui. E mesmo quando não recebo, também venho para conversar com os educadores”, explica. Ela acrescenta que, dos eventos que a escola realiza, o que merece destaque especial é justamente o encontro entre família e escola. “Eu participei do primeiro encontro e posso garantir: este, de agora, superou. Já estou ansiosa pelo próximo”.

Reportagem: Messania Cardoso / Foto: Marcos Rocha

Publicidade

Veja
Também