Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

PARAUAPEBAS: Polícia aponta indícios de fraude no Concurso Público e Fadesp diz que não haverá alterações

Delegado Gabriel

Na manhã desta segunda-feira, o Delegado Gabriel Henrique, que faz parte da 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas, concedeu uma entrevista coletiva sobre o caso de uma mulher que foi presa ontem, enquanto fazia a prova do Concurso Público de Parauapebas.

A acusada que foi liberada após pagamento de fiança, estava com um ponto eletrônico e recebeu informações sobre as respostas do certame. Segundo a autoridade policial, as informações que ela recebeu, bateram com o gabarito oficial da prova que foi divulgado hoje. “Há indícios de fraude”, relatou Gabriel.

A prisão

Uma guarnição da Polícia Militar de Parauapebas prendeu na manhã deste domingo (26), Raimunda Arruda de Lima. Ela estaria fraudando a prova do Concurso da Prefeitura Municipal de Parauapebas, para o cargo de auxiliar administrativo.

Segundo informações, a fiscal teria ouvido um ruído de sinal de rádio que vinha de uma mulher que usava um ponto eletrônico, semelhante a um brinco.

Raimunda teria tentado negar, no entanto, foi revistada e foi encontrado um aparelho (rádio) na roupa dela, que mandava o sinal para o ponto eletrônico no ouvido.

O caso aconteceu em uma universidade localizada no Bairro União. Representantes da banca estiveram na unidade policial prestando depoimento e realizando os procedimentos cabíveis.

Fadesp se manifesta

Após tentativa de fraude em Concurso Público de Parauapebas, a Fadesp se pronunciou e afirmou que certame não sofrerá alterações. Confira a nota abaixo na íntegra:

 

Qual sua reação para esta matéria?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
Ei, Psiu! Já viu essas?

Deixe seu comentário